Com a 17ª posição no grid de largada do GP do Japão de Fórmula 1, o brasileiro Rubens Barrichello, da Honda, lamentou a eliminação ainda na primeira sessão do treino classificatório na madrugada deste sábado.

“Embora tenha feito uma boa volta durante a classificação, infelizmente nós ficamos na parte de trás do grupo intermediário, onde apenas três décimos poderia nos deixar entre os dez primeiros”, declarou o piloto após o treino.

Apesar da posição quase no fim do grid, Barrichello prometeu uma boa corrida. “É uma pena que nós não nos classificamos para a segunda parte do treino em nossa casa, mas faremos o nosso melhor para agarrar qualquer oportunidade durante a prova”, afirmou, se referindo à origem japonesa da Honda.

Nelsinho Piquet, da Renault, que vai largar em 12.º, afirmou estar desapontado com um erro na segunda parte do treino. “Estou muito decepcionado por ter errado na segunda sessão classificatória. É mais frustrante porque o carro estava muito bem. Não vou desistir, mas sei que a corrida será difícil”, disse o piloto.