Após ter passado sufoco no início do treino, Sebastian Vettel se disse surpreso com a vantagem obtida diante dos demais pilotos no Q3 ao conquistar a pole position para o GP da Malásia, neste sábado. O alemão foi quase um segundo mais rápido que o brasileiro Felipe Massa, segundo colocado no grid de largada.

“Estou um pouco surpreso pela diferença [de tempo]”, afirmou o alemão, após marcar 1min49s674. Além de quase abrir um segundo sobre Massa (1min50s587), Vettel obteve ainda maior vantagem sobre Fernando Alonso (1min50s727), seu rival na briga pelo título do ano passado. “Eu tive uma volta bem decente e fiquei muito feliz, obviamente”.

Vettel, porém, sofreu antes de faturar a segunda pole seguida. Com o tempo seco, ele não conseguiu impor o ritmo de sua Red Bull no Q1 e ficou somente em 15º, a apenas duas posições de ser eliminado ainda na primeira parte do treino.

A reação só veio quando a chuva caiu, a partir do Q2. “Era uma situação perigosa porque algumas partes da pista estavam molhadas e outras, secas. E foi difícil encontrar uma estratégia para equilibrar a velocidade e o desgaste dos pneus”, comentou o tricampeão da Fórmula 1.

Longe de repetir o desempenho do companheiro de equipe, Mark Webber lamentou o quinto lugar no grid. “Foi decepcionante. Não conseguimos avaliar bem o tempo no Q3. Achei que ainda teria mais voltas”, declarou o australiano.

O piloto, no entanto, prometeu surpreender na corrida deste domingo, no Circuito de Sepang. “Nosso tempo não representa como eu estava confortável no carro hoje. Por causa do clima, a corrida deve ser interessante amanhã”.