Após garantir mais quatro anos no comando do Real Madrid, o técnico José Mourinho afirmou nesta terça-feira que vai encarar um “desafio perfeito” nas próximas temporadas. Para o treinador, a renovação servirá de estímulo para seu crescimento profissional e para a evolução do time.

“Me parece o desafio perfeito para meus próximos quatro anos porque aquilo que é difícil exige mais de você. Neste momento de maturidade preciso de grandes desafios que me obriguem a tentar ser cada vez melhor”, declarou o treinador, cujo vínculo anterior com o Real se encerraria em junho de 2014.

Mourinho, porém, evitou fazer projeções e não citou quais serão os objetivos do time para a próxima temporada. “Nosso objetivo é melhorar como time e individualmente. Não quero apenas ganhar jogos, quero conquistar torcedores”, declarou.

Na sua avaliação, o Real apresentou o “melhor futebol do mundo” nesta temporada, apesar da queda na semifinal da Liga dos Campeões. “Com certeza ganhamos muitos torcedores neste ano porque jogamos o melhor futebol do mundo apesar de termos perdido a competição europeia. Mas ganhamos o campeonato nacional mais difícil apresentando um futebol fantástico e isso me parece o mais importante”, declarou.

Contratado com o objetivo de levar o Real a novos títulos na Liga dos Campeões, Mourinho negou qualquer “obsessão” pelo torneio. “A obsessão não ajuda. A única obsessão que temos que ter é trabalhar com seriedade, profissionalismo, indo sempre até o limite e respeitando a história do Real Madrid”, declarou.