A brasileira Bia Figueiredo vai disputar a etapa de Long Beach da Fórmula Indy, neste domingo, nos Estados Unidos. Ela recebeu a autorização médica para voltar ao cockpit do carro n.º 24 da equipe Dreyer&Reinbold, mas usará um protetor na mão direita, fraturada em acidente na corrida de abertura da temporada 2011.

“Fiquei muito feliz quando fui liberada para correr em Long Beach. Sei que não vou estar 100% e talvez ainda sinta dores musculares para dirigir, mas não há riscos de piorar a recuperação da minha fratura. O osso já está praticamente calcificado. Terei um protetor de fibra de carbono na mão, que me dará suporte e segurança”, comentou Bia Figueiredo, em comunicado oficial.

A piloto não participou da segunda etapa da temporada, no circuito de Barber, no último domingo – seu carro foi conduzido pelo francês Simon Pagenaud. Antes da prova ela havia afirmado que já se sentia bem, mas que “os médicos me proibiram de correr agora, pois sempre existe a possibilidade de contato com outros carros na pista e não queremos colocar em risco a calcificação do osso”.

O acidente de Bia, que disputa sua primeira temporada completa na Fórmula Indy, aconteceu em São Petersburgo, quando ela quebrou o osso escafóide, que conecta o punho ao dedo polegar, em uma batida com Graham Rahal no início da corrida.

A terceira prova da categoria neste ano acontece neste domingo, no circuito de rua misto de Long Beach. O início da prova, que tem 85 voltas marcadas, está previsto para as 17h30 (horário de Brasília).