Pouco futebol, pouca inspiração e nenhuma bola na rede. Foi assim que o Atlético empatou em 0x0 com o Bahia, domingo (24), na Arena, resultado que derrubou o técnico Doriva. O treinador foi dispensado após a partida, com uma nota sintética da diretoria do Furacão no site oficial: “O Clube Atlético Paranaense informa que o treinador Doriva deixou o comando técnico da equipe. Leandro Ávila assume o time de forma interina”. O interino Ávila, que teve o melhor rendimento da temporada no clube, pode ser efetivado com nova sequência de bons resultados.

O empate de ontem trouxe prejuízo ao Furacão, que chegou aos 24 pontos e empacou na nona posição na tabela. No meio de semana, o time atleticano vira a chave e fará a sua estreia na Copa do Brasil, quarta-feira, em Natal, diante do América-RN, pelas oitavas de final do certame.

A atuação no primeiro tempo diante do Bahia, dentro de casa, foi disparada a pior do Atlético nos 45 minutos iniciais neste Campeonato Brasileiro. Com os armadores Marcos Guilherme e Bady bem marcados, o setor de criação, sumido na etapa inicial, foi facilmente marcado pelo Bahia. Com isso, restava para o Furacão insistir nas ligações diretas. As principais jogadas ofensivas criadas pelo Atlético aconteceram com Marcelo, pelas laterais, mas as bolas alçadas na área eram facilmente rechaçadas pela defesa baiana.

A pouca inspiração vista no primeiro tempo voltou do intervalo e Atlético e Bahia continuaram maltratando a bola na etapa final. Apesar de estar um pouco mais efetivo no campo de ataque, sobretudo depois da entrada de Douglas Coutinho na equipe, o Furacão continuou sofrendo da falta de criatividade do seu setor de criação e não conseguiu criar chances de furar o bloqueio defensivo imposto pelo tricolor baiano.

Nos minutos finais, o duelo de rubro-negros e tricolores na Arena ficou aberto e, a entrada de Bruno Mendes deu mais ofensividade. O jogador, esquecido em outras jornadas, desperdiçou grande chance de dar a vitória ao time atleticano. Depois da boa jogada de Natanael pela esquerda, a zaga baiana falhou e Bruno, livre na pequena na área, jogou em cima do goleiro Marcelo Lomba a última chance do Furacão diante do Bahia.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook