Um dia após empatar com o Joinville por 0 a 0, no Maracanã, o Vasco voltou aos treinos visando o duelo desta quarta, contra o Santos, às 21 horas, na Vila Belmiro, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do resultado decepcionante amargado contra um rival que também está na luta contra o rebaixamento, o lateral-esquerdo Christianno acredita que o time evoluiu, pois nas partidas anteriores foi facilmente derrotado por Palmeiras (4 a 1) e Corinthians (3 a 0).

“Tínhamos projetado a vitória contra o Joinville para iniciar uma sequência boa de resultados. Era importante vencer até para aumentar a confiança da nossa equipe. Infelizmente, não conseguimos atingir nosso objetivo, mas acredito que esses 10 dias de treinamentos nos fizeram evoluir e entender um pouco melhor a metodologia do professor Celso (Roth). Pressionamos mais o adversário e criamos boas chances, mas não fomos felizes na conclusão”, analisou.

O jogador ainda aposta que o Vasco será capaz de se livrar do rebaixamento, apesar das limitações técnicas da equipe e do fato de que o time hoje está sete pontos atrás do Avaí, primeiro clube fora da zona da degola.

“Não tenho medo de cair com o Vasco, pois confio que iremos dar a volta por cima. Nosso grupo tem jogadores renomados, como o Dagoberto, o Herrera, o Martín Silva e o Guiñazu, sem contar no Nenê e no Jorge Henrique, que chegaram para nos ajudar. O momento não é dos melhores, mas acredito que isso vai mudar. Vamos trabalhar forte para fazer um bom jogo contra o Santos”, projetou.

Com 13 pontos, o Vasco é o atual penúltimo colocado do Brasileirão e nesta terça pela manhã fará o último treino de preparação para o duelo diante da equipe santista. Novo reforço da equipe após ser contratado junto ao Internacional, Jorge Henrique será oficialmente apresentado após a atividade.