Apesar da eliminação na semifinal da Liga Europa, o técnico Rafa Benítez elogiou os jogadores do Liverpool, nesta quinta-feira. Com a queda, diante do Atlético de Madrid, o time inglês acumulou mais uma decepção nesta temporada.

“É uma temporada na qual tudo aconteceu contra nós, mas os jogadores trabalharam duro e você precisa estar orgulhoso deles”, declarou o treinador, que está com o cargo ameaçado. O Liverpool contava com a vaga na decisão da Liga Europa para salvar a temporada, marcada pela queda precoce na Liga dos Campeões e pela fraca campanha no Campeonato Inglês.

Autor do gol que definiu a classificação do Atlético, o atacante uruguaio Diego Forlán reconheceu a dificuldade de enfrentar o Liverpool, na Inglaterra. “Foi um jogo realmente muito difícil. Sabíamos que eles iriam buscar o resultado. Eu temi pelo pior quando Benayoun marcou [o segundo gol], mas sabíamos que só precisávamos de um gol para seguir na competição”, afirmou, após a derrota por 2 a 1.

O treinador Quique Sanchez Flores comemorou a classificação e exaltou a recuperação do Atlético na temporada. A equipe chegou a ser lanterna do campeonato nacional, e agora será o único time espanhol em uma final europeia nesta temporada.

“Nós estávamos em um momento muito ruim no início do ano e ninguém esperava que chegaríamos tão longe”, lembrou o técnico. “É uma honra e um orgulho representar a Espanha em uma final europeia”, completou.

O Atlético buscará o título na decisão do dia 12 de maio, na cidade de Hamburgo, diante do Fulham, que despachou o Hamburgo nesta quinta. “Qualquer time inglês é um adversário complicado. Eles são sempre competitivos e eu tenho certeza que o Fulham não será exceção”, avaliou Sanchez Flores.