enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Após dias tensos, Portuguesa se despede contra Grêmio

Dentro das quatro linhas o alívio é geral, mas os assuntos extra-campo ainda tumultuam a Portuguesa. Após uma semana conturbada, com greve de jogadores e eleição do novo presidente Ilídio Lico, a equipe se despede da temporada de 2013 contra o Grêmio, neste domingo, às 17 horas, no estádio do Canindé, em São Paulo, pela 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro.

O começo de ano foi bom para a Portuguesa, que conquistou o acesso como campeã do Campeonato Paulista da Série A2. Após isso, os torcedores sofreram com desempenhos ruins na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, onde o time caiu ainda na primeira fase. No Brasileirão, o risco de queda só acabou na última rodada após a vitória sobre a Ponte Preta. Com 47 pontos, na 13.ª colocação, os paulistas só caem com um desastre.

Para isso acontecer, a Portuguesa teria de perder para o Grêmio em casa, enquanto que Vasco precisaria bater o Atlético Paranaense, fora, e ainda tirar uma diferença de 11 gols no saldo: 4 a -7. Não bastasse isso, Internacional e Criciúma precisariam, no mínimo, empatar com Ponte Preta e Botafogo, além do Coritiba ter de vencer o São Paulo.

Após praticamente garantirem a permanência na elite, os jogadores resolveram cobrar firme a diretoria. Na última quinta-feira de manhã, o grupo se recusou a treinar enquanto os quatro meses de direitos de imagens, premiações e nove meses de auxílio moradia atrasados não fossem quitados. O grupo só voltou a treinar na quinta à tarde, após receber garantias de Ilídio Lico, que assume o clube em 2 de janeiro.

Mesmo com toda estas turbulências, o técnico Guto Ferreira garante o foco dos jogadores na vitória sobre o Grêmio para se despedir com festa da torcida. “Até agora não tivemos problemas com falta de profissionalismo. E não será agora que isso vai acontecer”, avisou.

Para a partida, o treinador deve mandar a campo o que tem de melhor à disposição. O único desfalque será o volante Bruno Henrique, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A vaga deve ficar com Willian Arão, que volta de suspensão. O zagueiro Moisés Moura e o atacante Diogo vão continuar fora por conta de lesão.

Para tentar aliviar o clima de tensão, a diretoria até realizou algumas ações para os torcedores. Os ingressos custarão apenas R$ 20 para quem vestir a camisa do clube, enquanto que os sócios-torcedores concorrerão a um jogo de vídeo game. Além disso, o cantor português Roberto Leal fará uma participação especial no intervalo.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas