Anderson Tozato
Delegado não gostou nada da defesa na derrota pro América e vai intensificar os treinos neste setor.

A derrota para a frágil equipe do América-RN deixou evidente que o Atlético precisa de reforços para a continuidade do Brasileirão em todos os setores da equipe. As posições mais gritantes são: lateral esquerda, meia de criação e  zaga.

Há quem diga que o Furacão também necessita de um novo goleiro, pois Guilherme, por ser jovem, ainda é inconstante. Um outro companheiro para Alex Mineiro, no ataque, também seria bem-vindo. Até agora, os atacantes disponíveis no plantel ainda não conseguiram suprir a ausência de Denis Marques. Marcelo, a última contratação, chegou com fama de goleador, mas até agora só tem decepcionado.

Lopes comentou à imprensa, na última semana, que elaborou uma lista de reforços e a entregou à diretoria atleticana. Alguns desses nomes a cúpula rubro-negra tentou e não conseguiu e outros jogadores estão sendo procurados.

As posições e nomes não são revelados pelo Atlético e tampouco pelo Delegado.

?A divulgação pode atrapalhar as negociações. Podem aparecer clubes interessados e atravessar?, comentou Lopes.

O elenco atleticano está inchado, mas com pouca qualidade técnica. Prova disso foi a presença de Claiton no time que atuou contra o América-RN. O atleta chegou na quarta-feira passada, treinou uma vez com o grupo e já foi pro jogo. Ele é um dos reforços para dar mais qualidade e experiência à equipe. Nessa linha de contratação, especulou-se a possibilidade do time paranaense estar negociando a vinda de mais um zagueiro. Ressalta-se que o jovem Rafael Santos, que veio do Internacional, sequer estreou.

Na lateral esquerda, o Furacão tem apenas um jogador da posição, o contestado Michel. Edno vem atuando improvisado, pois já declarou que gosta de jogar como meia. E na improvisação, o atleta não tem rendido bem.

Enquanto novos reforços não chegam ao CT do Caju, Antônio Lopes tenta montar o time com os jogadores disponíveis. Uma boa notícia para o Delegado é o retorno do volante Valencia.

O colombiano já foi liberado pelo departamento médico e, se repetir as boas atuações que fez contra Palmeiras e Paraná, tem vaga garantida como titular.

O time retornou ontem para Curitiba e hoje à tarde faz o primeiro treino da semana para enfrentar o Cruzeiro, na quarta-feira, na Arena. Nos treinamentos, mais uma vez, deve ser dada ênfase ao setor defensivo, pois Lopes reclamou muito da equipe após a derrota para o América-RN. ?Um time muito mau na marcação. Jogadores que tínhamos determinado marcação forte em cima ficaram soltos o tempo todo?, criticou o técnico. O Atlético terminou a rodada em 14.º lugar, a dois pontos da zona de rebaixamento.