A derrota do Atlético Mineiro por 1 a 0 para o Atlas, na noite de quarta-feira, complicou a situação da equipe na luta por uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores, mas não diminuiu a confiança do técnico Levir Culpi. Para ele, o time tem condições de sair da situação difícil em que se colocou no Grupo 1 da competição e avançar.

“Eu não acho, tenho certeza que dá para conseguir, mas vai ser daqueles jogos do Atlético, decisivos, e precisaremos estar com alto nível competitivo. Mas temos essa condição de reverter esse péssimo resultado que tivemos aqui. Estou muito otimista porque sei que o time tem capacidade para reverter essa situação”, afirmou.

Batido, o Atlético está em terceiro lugar no Grupo 1, com apenas seis pontos, e precisa derrotar o Colo Colo por dois gols de diferença na próxima quarta-feira, em Belo Horizonte, para avançar às oitavas de final.

“Foi criada uma situação e estamos levando a decisão para o último jogo, em casa. Será o jogo da recuperação do que fizemos aqui e o jogo da classificação. Alguém reservou, ainda, uma oportunidade para o Atlético e vamos nos agarrar nela”, acrescentou Levir.

O treinador atleticano reconheceu que o time mereceu ser batido pelo Atlas na noite de quarta. “O Atlas esteve mais perto de marcar. Criamos oportunidades de gol, mas não tivemos competência. Não dá para lamentar, eles fizeram um jogo melhor. Tivemos nossas oportunidades, então, não da para lamentar. Nossa produtividade foi pouca e, por isso, perdemos”, analisou.

Antes de encarar o Colo Colo, o Atlético terá compromisso importante pelo Campeonato Mineiro no próximo domingo, no Mineirão. Após empatar por 1 a 1 no Independência, o time precisa vencer o rival Cruzeiro para se garantir na decisão do torneio estadual.