enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Após demitir gerente, Santos corta 2 do Comitê Gestor

Clube também pediu os cargos de Pedro Luiz Conceição e Caio de Stefano

O clássico de logo mais contra o Corinthians não intimidou a diretoria do Santos em promover uma grande reformulação interna. Nesta quarta-feira, pouco depois de anunciar a demissão do gerente de futebol Nei Pandolfo, o clube também pediu os cargos de Pedro Luiz Nunes Conceição e Caio Marco de Stefano no Comitê Gestor.

Segundo o Santos, a decisão de (na prática) dispensar os dois dirigentes foi do presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, o Laor, que também escolherá os substitutos. Mas essas decisões ainda serão submetidas ao Conselho Deliberativo.

O Conselho Gestor do Santos é formado por oito pessoas e toma as decisões mais importantes do clube, diminuindo o poder do presidente. Se as saídas dos dois nomes for confirmada pelo Conselho Deliberativo, vão seguir no grupo apenas seis pessoas: o presidente Laior, o vice Odílio Rodrigues Filho e os conselheiros Augusto Videira, José Berenguer Neto, Luciano Moita e Luiz Fernando Vendramini Fleury.

A decisão por reformular o Conselho Gestor e também demitir Nei Pandolfo coincide com um momento de crise do Santos, após a derrota por 8 a 0 para o Barcelona, sexta-feira, no Camp Nou, pelo Troféu Joan Gamper.

O vice-presidente Odílo Rodrigues também se afastou das suas funções nesta quarta, mas por problemas médicos, após uma queda na noite de terça-feira, segundo nota oficial.

Odílio teve uma entorse no tornozelo direito e uma lesão no tendão muscular do joelho esquerdo. Assim, ele será submetido a exames de imagem para detectar a necessidade ou não de tratamento cirúrgico. Em razão da necessidade de repouso absoluto, o dirigente terá que se licenciar do cargo.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas