A comissão técnica do Palmeiras não revelou as informações sobre o retorno da equipe a São Paulo depois da derrota para o Internacional, neste sábado, no Beira-Rio, por 3 a 1. Existe grande preocupação quanto à realização de protestos da torcida depois do quinto revés consecutivo do time de Dorival Junior. Não foram informados o horário de retorno nem os detalhes do desembarque.

Neste domingo, os jogadores terão folga. O time volta a treinar nesta segunda-feira, mas a tendência é que os palmeirenses continuem a realizar treinos sem a presença da imprensa. O treinador afirma que as medidas foram tomadas para “manter o foco e a concentração”.

Apesar da derrota no Sul, o Palmeiras ainda depende apenas de suas possibilidades para se manter na Série A do Campeonato Brasileiro. Basta uma vitória contra o Atlético Paranaense, no domingo – o local da partida ainda não definido. O time do Palmeiras foi beneficiado pela goleada do Flamengo sobre o Vitória, o primeiro time na zona de rebaixamento.

Não houve incidentes no retorno da equipe para o hotel após o jogo do Beira-Rio. Apesar do forte aparato de segurança – 15 seguranças, três viaturas da Brigada Militar do Rio Grande do Sul e três batedores -, nenhum torcedor tentou contato com a delegação palmeirense.