O jamaicano Usain Bolt confirmou nesta quarta-feira que está prestes a disputar a sua primeira prova de 200 metros rasos, depois de 13 meses afastado deste tipo de disputa. O fato irá ocorrer nesta quinta, quando ele participará da etapa de Oslo da Diamond League, na Noruega.

O recordista mundial dos 100 metros admitiu que se sentirá um pouco “estranho” voltar a correr os 200 metros, prova em que também detém a principal marca do planeta, depois de tanto tempo sem disputá-la por causa do longo período em que ficou se recuperando de lesões. Porém, ele está confiante em um bom desempenho.

“Será estranho, mas deverá ser bom”, afirmou Bolt. “Eu estou definitivamente indo para lá (Oslo) para correr forte e ver o que eu tenho a melhorar mais”, acrescentou o campeão olímpico e mundial dos 100 e 200 metros.

Em sua primeira competição nesta temporada, o jamaicano venceu a prova dos 100 metros na etapa de Roma da Diamond League, há duas semanas, e agora tenta consolidar a sua recuperação e correr dentro do nível que está acostumado, depois de perder parte da temporada passada por causa de uma lesão no tendão de Aquiles e problemas nas costas.

Após competir em Roma, Bolt venceu a prova dos 100 metros do Meeting de Ostrava, na República Checa, onde cravou a marca de 9s91. Curiosamente, o tempo foi o mesmo que lhe garantiu a vitória na mesma prova na capital italiana.

“Eu apenas estou tentando retomar a minha forma e voltar a ser o velho Usain Bolt”, disse o velocista, para depois ressaltar que está “focado” principalmente na disputa do próximo Campeonato Mundial, que será disputado entre 27 de agosto e 4 de setembro, na Coreia do Sul.