A vitória por 6 a 0 diante do Juventude, em Caxias do Sul, no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Gaúcho, não ilude Alisson. O meia-atacante do Grêmio prega respeito ao adversário no duelo de volta, quinta-feira, às 21 horas, na Arena.

“Tenho certeza de que quem entrar para o jogo vai buscar a vitória de todas as formas. O Renato (Gaúcho, técnico) já falou para a gente que é preciso dar ritmo para todos, pois a temporada é longa”, disse o jogador, nesta terça-feira, em entrevista coletiva.

Alisson está feliz após ter disputado no domingo o segundo jogo em dois meses, após um período de recuperação de uma lesão. “Estou à disposição do Renato. A concorrência é muito grande, todos estão muito bem e isso é bom para o Grêmio.”

O atleeta revelou que recebeu uma proposta de um time de Série A, mas preferiu continuar no tricolor gaúcho. “O Renato falou da importância que eu tenho no grupo e espero jogar bem e ganhar muitos títulos aqui.”

O jogador falou do respeito que o elenco tem por Renato Gaúcho, que na segunda-feira foi homenageado com um estátua pelo clube. “Ele foi um grande jogador e é um grande técnico. Nos ensina muito e sabe lidar com o grupo. É muito bom para nós tê-lo na direção com toda a sua experiência”, ressaltou.

Os jogadores gremistas voltaram aos treinamentos na tarde desta terça-feira, mas Renato Gaúcho não revelou o time alternativo que vai colocar em campo diante do Juventude. O grupo foi dividido em três times, com oito jogadores de linha, que disputavam entre si, com campo reduzido e limite de três toques na bola.

Juntamente com Kannemann e Everton, que defendem suas seleções, Paulo Miranda e Pedro Geromel, machucados, foram as ausências no treino. Os atletas se reapresentam na tarde desta quarta-feira, a partir das 15h30, quando Renato deve definir a equipe no último trabalho de preparação para o duelo com o Juventude.