enkontra.com
Fechar busca

De Letra

esportes

Apesar do corte na seleção, lateral Daniel Alves demonstra otimismo para o futuro

  • Por Estadão Conteúdo

Daniel Alves demonstrou otimismo para o futuro da carreira, apesar da lesão que o tirou da convocação para os próximos amistosos da seleção brasileira. A CBF anunciou nesta segunda-feira o corte de Daniel Alves por causa de uma lesão no joelho esquerdo, e a convocação de Fagner, do Corinthians, para os duelos que o Brasil fará contra o Panamá, neste sábado, na Cidade do Porto, em Portugal, e diante da República Checa, na terça seguinte, em Praga.

“Onde alguns veem escuridão, eu vejo a oportunidade de fechar os olhos e me fortalecer para um novo amanhecer”, escreveu o lateral-direito do Paris Saint-Germain nas suas redes sociais, nesta segunda-feira.

“Nossa profissão é como um triatlo; poucos ganham, muitos correm e outros nadam. Para ser um desses poucos, seja forte, esteja preparado, por mais caro que seja, pague o preço e faça valer a pena”, postou o jogador, de 35 anos.

Daniel Alves se lesionou na vitória do Paris Saint-Germain no clássico com o Olympique de Marselha, por 3 a 1, no domingo, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, pelo Campeonato Francês. O brasileiro deixou a partida antes do final e fez exames médicos.

A convocação de Daniel Alves para estes dois amistosos da seleção brasileira na Europa foi a primeira desde março do ano passado. Dois meses depois, na final da Copa da França, o lateral-direito se machucou gravemente no joelho direito e ficou de fora do Mundial realizado na Rússia e dos seis amistosos realizados no segundo semestre.

Os dois próximos amistosos são os últimos antes da convocação que o técnico Tite fará em maio para a Copa América. A competição vai ser disputada no Brasil entre os dias 14 de junho e 7 de julho.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas