As lesões têm atrapalhado a passagem de Andrezinho pelo Botafogo. Nesta temporada, o meia perdeu a posição de titular no time por causa de uma grave contusão muscular que o afastou dos gramados por 40 dias. O histórico recente de problemas médicos e o alto salário fizeram surgir as especulações de que ele poderia ser negociado, como forma de liberar espaço para as promessas da base que despontam e também aliviar a folha de pagamento do clube.

“A minha cabeça está 100% no Botafogo. No futebol, você sempre sabe que, quando abre a janela, começam as especulações. Mas penso em continuar no Botafogo, conquistar títulos e, o objetivo maior, levar o Botafogo de volta à Libertadores”, disse Andrezinho, em entrevista à Rádio Brasil.

Andrezinho, assim como todo o elenco botafoguense, vai se beneficiar da pausa no calendário. Com a conquista antecipada do título do Campeonato Carioca e o adiamento do jogo com o CRB pela Copa do Brasil para o dia 22 de maio, os jogadores lesionados e a turma que está fora de ritmo poderão se equiparar aos que estão atuando com regularidade.