O objetivo da festa era comemorar os 101 anos do Corinthians, mas o evento da última quinta-feira à noite, em um espaço no Anhembi, virou palanque eleitoral para a situação no clube. Um vídeo de cerca de 10 minutos foi exibido com todos os feitos realizados pelo presidente Andrés Sanchez – ele assumiu em 2007 e ficará até fevereiro de 2012, quando acontecerão novas eleições.

O vídeo exibiu a volta do Corinthians para a elite do futebol nacional, em 2008, os títulos da Copa do Brasil e do Paulistão, em 2009, as contratações de estrelas como Ronaldo, Roberto Carlos e Adriano, a construção do CT do clube, o início das obras do estádio em Itaquera, entre outros fatos positivos da gestão atual.

Depois do filme, Andrés, visivelmente emocionado, subiu ao palco e discursou para os cerca de três mil presentes. “Eu não quero que isso pareça algo político, eu não sou candidato, mas quero falar em nome de Mario Gobbi (provável candidato da situação). Agradeço às torcidas organizadas, agradeço ao (governador Geraldo) Alckmin, e sei que muita gente vai reclamar, mas ao (prefeito Gilberto) Kassab também”, disse o dirigente.

Ao lado de Andrés no palco esteve o lutador de MMA Anderson Silva, estrela principal do Brasil no último UFC Rio, que recentemente foi contratado pelo Corinthians. “Quero ver quem vai mexer comigo agora”, brincou Andrés. “Sou corintiano desde criancinha, e quero agradecer ao Andrés, meu segundo pai”, emendou o atleta.

RONALDO – Maior ídolo do Corinthians nos últimos anos, Ronaldo também apareceu no evento e discursou antes do presidente e rasgou elogios ao mandatário corintiano.

“Tenho que parabenizar o presidente por tudo o que fez pelo clube. Deu estrutura, CT, e ainda está construindo o maior sonho, que é o estádio”, declarou o Fenômeno.