enkontra.com
Fechar busca

De Letra

esportes

Andrés Sanchez vê Santos favorito em semifinal e Palmeiras ‘favoritaço’ ao título

  • Por Estadão Conteúdo

Presente ao Conselho Técnico da Federação Paulista de Futebol (FPF) que definiu nesta quinta-feira pela manhã as datas, horários e locais das semifinais do Paulistão, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou que o Santos é favorito a avançar à decisão no mata-mata com a equipe corintiana e ainda apontou o Palmeiras como “favoritaço” a conquistar o título estadual.

Palmeiras e São Paulo vão abrir a luta por vaga nas finais neste sábado, às 18 horas, no Morumbi, enquanto o time dirigido por Fábio Carille terá pela frente a equipe de Jorge Sampaoli no domingo, às 16 horas, na Arena Corinthians. E Andrés, adotando mais uma vez uma certa dose de ironia que é muito comum em suas entrevistas, tratou de diminuir a responsabilidade da equipe alvinegra ao ser questionado sobre as chances de cada clube nesta reta decisiva da competição.

“O Santos é o favorito na nossa semifinal. Tem treinador argentino de Copa do Mundo. É o Santos”, afirmou o dirigente, que lembrou até da experiência muito maior de Sampaoli como treinador, em relação a Carille, para justificar a sua opinião.

“O futebol argentino está na nossa frente, tecnicamente e taticamente. Temos de aceitar. Ele (Sampaoli) é um grande treinador, vai fazer nosso futebol melhorar. Carille ainda não está (nesse nível), mas vai chegar. Ele tem só três anos como treinador profissional”, reforçou Andrés, que ao mesmo tempo enfatizou que “no mata-mata o Corinthians cresce”.

Já ao comentar sobre o time comandado por Luiz Felipe Scolari, o mandatário corintiano apontou o mesmo como dono das melhores condições para faturar o Paulistão. “(O favorito) Sempre é o Palmeiras, todo mundo sabe, por tudo o que tem. Vocês (jornalistas) já sabem essa resposta e então por que me perguntam? É o Palmeiras, que é o favoritaço”, disse.

Andrés ainda viu com naturalidade o fato de o presidente do Santos, José Carlos Peres, ter reprovado a marcação do confronto de volta das semifinais entre o time e o Corinthians para o dia 8 de abril, uma segunda-feira, às 20 horas, no Pacaembu, depois de o primeiro finalista ser definido no dia 7, no Allianz Parque.

“Se fosse o Corinthians o mandante do segundo jogo, isso também não me agradaria. Talvez na segunda-feira seja mais difícil de ter mais público e de o torcedor chegar ao estádio, mas isso é por causa desse calendário que está aí”, analisou, se referindo aos outros compromissos dos semifinalistas em torneios que acabaram pesando para a definição das datas deste próximo mata-mata do Estadual.

VAR – Outro ponto abordado pelo presidente corintiano nesta quinta-feira foi a arbitragem de vídeo (VAR), usada neste Paulistão a partir das quartas de final e já com algumas decisões polêmicas nesta primeira vez que o torneio utilizou o recurso em sua história. “Eu acho que o VAR tem que ser para ver se foi gol ou não foi, Se foi impedimento ou não. E agora é lance interpretação, gol que volta o lance lá no começo para ver se foi falta…”, reclamou.

Além de Andrés, o Corinthians foi representado no Conselho Técnico desta quinta-feira na sede da FPF, em São Paulo, pelo diretor de futebol Duílio Monteiro Alves e pelo coordenador Emerson Sheik, que se aposentou dos gramados no ano passado vestindo a camisa corintiana. A equipe alvinegra avançou às semifinais do Estadual na noite da última quarta-feira, nos pênaltis, na Arena Corinthians, após empate por 1 a 1 com a Ferroviária no tempo normal.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas