O Atlético-MG venceu o Santos por 2 a 1, de virada, neste domingo, em evento-teste da Copa do Mundo na Arena Pantanal, em Cuiabá. O destaque do jogo foi André, que no segundo tempo marcou duas vezes para os atleticanos contra o clube que o revelou. O gol santista foi feito por Cícero no final do primeiro tempo.

Com o resultado, o Santos se manteve com seis pontos e caiu para o 12° lugar na tabela do Brasileirão. Um posto acima ficou o Atlético-MG, que chegou aos sete pontos.

O JOGO – No duelo deste domingo, p Santos quase abriu o placar logo aos 3 minutos, quando Mena lançou do lado esquerdo e Victor salvou após finalização de Cícero, depois de bola ajeitada de cabeça por Gabriel. O jovem atacante continuou criando jogadas e levando perigo para a zaga atleticana, mas o time mineiro passou a dominar a posse de bola no meio-campo e acionar Marion para que ele forçasse as jogadas para cima de Bruno Peres.

Apesar do maior domínio do campo de jogo, o Atlético-MG chutava pouco para o gol. As melhores chances foram em escanteios, aos 30 e aos 35 minutos, quando Leonardo Silva cabeceou para grande defesa de Aranha e depois Otamendi finalizou para o chão, a bola quicou no gramado e encobriu a meta santista.

Aos 37, os atleticanos pagaram o preço pelas chances perdidas. Gabriel recebeu pelo lado direito e centralizou o jogo para Alan Santos, que acertou lindo lançamento para Cícero se infiltrar de novo na área e desta vez vencer Victor. O Santos foi para o intervalo ganhando por 1 a 0, o que motivou Levir Culpi a mexer em sua equipe. O atacante Carlos começou o segundo tempo no lugar do meio-campista Rosinei.

O Santos recomeçou a partida muito recuado e passou a apostar apenas nos contra-ataques. Sem criatividade com a bola rolando, o Atlético-MG continuava levando perigo com as bolas altas. Carlos e André tiveram chances de cabecear sem marcação, mas perderam oportunidades claras. De novo no jogo aéreo, Emerson Conceição marcou, mas a arbitragem já havia marcado impedimento de André na jogada. Do outro lado, Gabriel e Thiago Ribeiro perderam chances de ampliar o placar em contragolpes.

Mesmo com a troca de Bruno Peres por Zé Carlos, o Atlético-MG continuou levando perigo pelo lado esquerdo do ataque e foi por ali que saiu o gol de empate, aos 29 minutos da etapa final. Alex Silva apareceu livre por aquele setor, invadiu a área e teve cruzamento travado por Cícero. O atleticano persistiu e de bicicleta mandou para dentro da pequena área, onde André só empurrou pra dentro do gol.

Depois, foi a vez de o time mineiro usar o contra-ataque, aos 36 minutos. Marion arrancou pelo lado direito e passou para André – cara a cara com Aranha – finalizar de bico. Sem forças o Santos, pouco fez depois de tomar a virada e acabou perdendo o jogo.

Na próxima quinta-feira, o Santos volta a campo para jogar contra o Goiás, no Serra Dourada. No mesmo dia, o Atlético-MG estará em Feira de Santana, na Bahia, para enfrentar o Vitória.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 1 X 2 ATLÉTICO-MG

SANTOS – Aranha; Bruno Peres (Zé Carlos), Neto, David Braz e Mena; Arouca, Alan Santos (Leandrinho), Cícero e Lucas Lima (Geuvânio); Thiago Ribeiro e Gabriel. Técnico – Oswaldo de Oliveira.

ATLÉTICO-MG – Victor; Alex Silva, Otamendi, Leonardo Silva e Emerson Conceição; Pierre (Eduardo), Leandro Donizete, Rosinei (Carlos) e Marion; Fernandinho (Dátolo) e André. Técnico – Levir Culpi.

GOLS – Cícero (Santos), aos 37 minutos do primeiro tempo; André (Atlético-MG), aos 29 e aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Neto e David Braz (Santos); Victor, Leonardo Silva e Emerson Conceição (Atlético-MG).

ÁRBITRO – Péricles Bassols (RJ).

RENDA – não divulgada.

PÚBLICO – 18.863 pagantes.

LOCAL – Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).