O espanhol Fernando Alonso (Ferrari) manifestou nesta quinta-feira em Silverstone, onde no domingo será disputado o Grande Prêmio da Grã-Bretanha de Fórmula, sua tristeza pela situação vivida por sua compatriota María de Villota, que sofreu um grave acidente na última terça-feira.

“Estamos muito preocupados com toda a situação. Estão sendo dias difíceis pelo que aconteceu. Estamos em choque, apesar de não sabermos com clareza a situação dela, porque não temos muitas informações sobre o assunto”, comentou Alonso na entrevista coletiva oficial da FIA em Silverstone.

“Até que não seja comprovada com clareza a situação dela, é difícil fazer uma avaliação, mas pelo que foi divulgado até agora, é evidente que são dias muito tristes para todos”, completou o bicampeão mundial.

María de Villota sofreu na terça-feira um grave acidente em testes da Marussia no aeroporto britânico de Duxford. Devido a uma pancada forte que deu contra a traseira de um caminhão parado na pista, a piloto perdeu o olho direito.

A espanhola foi atendida no local pelo serviço de ambulâncias de Anglia Oriental, no sudeste da Inglaterra, e transferida para o hospital Addenbrooke, onde permanece em estado grave, mas estável.