No dia seguinte à derrota para o Corinthians, por 2 a 1, no Morumbi, pela Recopa Sul-Americana, o atacante Aloísio cobrou o elenco do São Paulo. O jogador disse nesta quinta-feira que falta ao grupo ter mais empenho e “vergonha na cara” para conseguir os resultados positivos.

“Está na hora de começar a colocar a bunda no chão, correr, ter mais vontade. Estamos mostrando raça, mas ainda não é suficiente. Temos que se empenhar mais e ter vergonha na cara”, afirmou Aloísio, autor do gol são-paulino na derrota de quarta-feira para o rival Corinthians.

Logo após a partida no Morumbi, o técnico Ney Franco chegou a colocar no elenco parte da culpa pelo resultado negativo. “Como treinador, não posso dar um passe. Não é culpa só minha. Não estamos bem tecnicamente e isso tem de ser dividido”, disse o comandante.

Aloísio afirmou que soube dessa declaração por funcionários do clube e evitou rebater. “Nosso grupo é bom, qualificado e tem jogadores de nível de seleção brasileira”, explicou o atacante. “A responsabilidade por resultados é de todo mundo. Aqui não tem essa de colocar a responsabilidade em outro”, completou.

Na reapresentação do elenco, na tarde desta quinta-feira, os reservas fizeram um treino em campo reduzido e os titulares ficaram na academia realizando trabalho regenerativo. O próximo compromisso do São Paulo é no domingo, quando recebe o Santos, no Morumbi, pelo Brasileirão. E o jogo de volta contra o Corinthians, que vai definir o campeão da Recopa Sul-Americana, será no dia 17 de julho.