O pedido de Kaká para que o Real Madrid o negociasse parece ter dado certo e o jogador está próximo de voltar para um lugar que conhece muito bem. Neste domingo, o técnico do Milan, Massimiliano Allegri, revelou que já há um acordo para que o brasileiro defenda o time italiano nesta temporada, confirmando os rumores que vinham sendo levantados pela imprensa europeia.

Após vitória por 3 a 1 diante do Cagliari, pelo Campeonato Italiano, Allegri foi perguntado sobre a possibilidade de Kaká voltar ao Milan, e confirmou. “Ao que parece, chegaram a um acordo que permite a saída do jogador.”

Kaká foi uma das maiores contratações da história do Real Madrid, que desembolsou 65 milhões de euros ao Milan em 2009 para tê-lo. O brasileiro, no entanto, nunca correspondeu à expectativa no clube madrilenho e amargou a reserva com todos os treinadores pelos quais foi comandado.

Com um velho conhecido como técnico, o italiano Carlo Ancelotti, que o comandava no Milan, Kaká tinha esperança de que as coisas mudassem, mas isso não aconteceu. O brasileiro novamente começou a temporada como reserva e, para piorar, viu o Real contratar dois novos meias: Isco e Gareth Bale.

Sem perspectiva de ter oportunidades, Kaká anunciou publicamente seu desejo de deixar o Real na última quinta-feira. E o destino não poderia ser melhor para o brasileiro, que viveu seu melhor momento na carreira justamente com a camisa do Milan, clube que defendeu entre 2003 e 2009.