A brasileira Aline Silva não conseguiu voltar a subir ao pódio no Mundial de Luta, que está sendo realizado em Las Vegas, nos Estados Unidos. Medalhista de prata na competição de 2014 na categoria até 75kg, dessa vez ela foi derrotada nas semifinais e na disputa do terceiro lugar, não conseguindo conquistar uma medalha e terminando a disputa na quarta posição.

Nas semifinais, na noite de quinta-feira, Aline Silva foi derrotada pela norte-americana Adelina Gray por 10 a 2. Sua algoz, que já a havia batido na final do Mundial de 2014 e também nos Jogos Pan-Americanos neste ano, acabou se sagrando campeã pela terceira vez consecutiva na categoria até 75kg, superando a chinesa Zhou Qian por 13 a 2 na final.

Restou a Aline Silva, então, tentar buscar a medalha de bronze. Mas a brasileira acabou não tendo sucesso e foi mais uma vez derrotada, dessa vez pela bielo-russa Vasilisa Marzaliuk, atual campeã europeia, por 5 a 1.

Mesmo sem repetir o pódio de 2014, a participação de Aline Silva foi suficiente para garantir uma vaga ao Brasil na Olimpíada de 2016. Só não é possível afirmar que carimbou o próprio passaporte para a Olimpíada porque as vagas em disputa no Mundial pertencem ao país – a tendência, porém, é de que ela seja a escolhida pela Confederação Brasileira de Lutas Associadas para competir no Rio.

Aline Silva, que também possui duas medalhas no Pan (prata em 2011 e bronze neste ano) conquistou três vitórias em Las Vegas. A brasileira fez 6 a 1 na cubana Lisset Medina na sua estreia, ganhou da casaque Guzel Manyurova por 7 a 5 e chegou à semifinal vencendo a russa Ekaterina Bukina por 5 a 4.

Os outros brasileiros que competiram na última quinta em Las Vegas – Waldeci Silva, Joice Silva e Laís Nunes – foram eliminados logo nas fases preliminares. O Mundial prossegue nesta sexta-feira em Las Vegas com o Brasil sendo representado por Adrian Jaoude na categoria até 86kg.