O Brasil já está classificado para a Copa do Mundo de 2010 e os jogos com Bolívia e Venezuela pelas Eliminatórias podem ser considerados amistosos de luxo. Apesar disso, alguns jogadores dão importância maior aos confrontos, já que ainda

“Estou na briga. O Dunga deixa todos em alerta. Alguém vai ficar de fora, por isso tenho que fazer o melhor possível. Vejo esse retorno me colocando dentro da briga de 25, 28, 30 jogadores. Tenho que entender que só segue quem faz por onde”, afirmou o meia Alex, motivado para os jogos contra Bolívia e Venezuela.

“Não tem nada garantido no gol, salvo o Júlio César, em fase excelente. A concorrência é grande, a briga é grande, saudável. O Dunga tem excelentes opções. Tenho que fazer o melhor no Grêmio e dar continuidade na seleção”, afirmou o goleiro Victor, que tenta se consolidar como reserva imediato de Júlio César.

Destaque do Palmeiras no Campeonato Brasileiro, o meia Diego Souza comemorou a chance de estar na seleção e acredita que precisa manter a boa fase para ser lembrado por Dunga no Mundial. “Só de estar aqui é muito bom. A dificuldade é grande, o Brasil tem jogadores em forma maravilhosa. O importante é estar bem no clube e esperar a última convocação”, comentou.