Nem os espanhóis Marquez, Pedrosa ou Lorenzo, nem o italiano Valentino Rossi. O mais rápido do primeiro dia de treinos livres para a etapa de Brno (República Checa) da MotoGP foi o surpreendente alemão Stefan Bradl, da Honda, que marcou seu melhor tempo na segunda sessão de treinos livres, depois de domínio total de Jorge Lorenzo.

Atual campeão, o espanhol havia sido o mais rápido da primeira sessão e também tinha a melhor volta do segundo treino quando Bradl surpreendeu e cravou o tempo de 1min56s500 na sua penúltima volta rápida.

Num circuito em que se espera domínio das motos da Yamaha, a segunda posição ficou com Lorenzo, exatamente desta equipe, apenas 38 milésimos atrás do alemão. Intercalando posições entre as rivais, em seguida vieram Dani Pedrosa (Honda), Valentino Rossi (Yamaha), o líder do campeonato, o também espanhol Marc Márquez (Honda), e finalmente o britânico Cal Crutchlow (da equipe B da Yamaha).

A MotoGP ainda faz dois treinos livres no sábado, às 9h55 e 13h30 do horário local na República Checa (são cinco horas de diferença para Brasília) antes das duas sessões de classificação, a partir das 14h35 locais. A corrida, domingo, será às 13h.