Um dos três jogadores sobreviventes do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, o lateral Alan Ruschel comemorou o reconhecimento ao clube, que faturou o prêmio Laureus na categoria melhor momento do ano. O jogador acredita que a conquista faz com que mais uma vez ele e seus companheiros de clubes – Jakson Follmann e Neto – acabem servindo de exemplo para todo o mundo.

“Não é fácil se reconstruir após uma tragédia dessa. Fico feliz por servir de exemplo bom para as pessoas e que isso possa motivar muita gente”, disse o lateral, que foi o único dos três que já conseguiu voltar aos gramados. Neto ainda cuida da parte física e Follmann perdeu uma das pernas no acidente que vitimou 71 pessoas no dia 29 de novembro de 2016.

Ele também fez muitos agradecimentos. “Quero agradecer a todos que fizeram parte dessa reconstrução da Chape. Estou muito feliz por poder participar disso tudo e voltar a fazer o que eu amo, que é jogar futebol. Consegui isso graças ao apoio da minha família e do clube e todos estão de parabéns pela batalha”, completou.

Alan Ruschel tem ainda um outro motivo para comemorar. Além do prêmio, ele terá seu contrato renovado com a Chapecoense. Nesta quarta-feira, será sacramentado o novo acordo. O tempo do novo vínculo só deve ser divulgado durante entrevista coletiva.

A Chapecoense foi eleita em uma categoria que foi definida através do voto popular. Nos últimos dias, intensificou-se uma grande campanha nas redes sociais para incentivar as pessoas a votarem no clube e muitas celebridades publicarem mensagens em texto e vídeos pedindo voto.