Alan Kardec acredita que vai estar em campo contra o Guarani, quarta à noite, em Campinas, mas ainda não sabe de que maneira vai jogar. O atacante lembrou nesta segunda que durante muito tempo atuou enfiado, como homem de área, mas que no Santos já jogou em três funções distintas: avançado, pelos lados e voltando para ajudar na marcação e na articulação, substituindo Paulo Henrique Ganso.

“Nem sabemos qual é o time que vai iniciar a partida, mas independente da função, o importante é jogar. Como todos os jogadores, eu quero titular, mas sempre respeitando os companheiros”, destacou o ex-vascaíno, que deve ser o substituto de Neymar.

Para o vice-artilheiro santista do início de temporada, com quatro gols, o que não passa pela sua cabeça é a preocupação de alcançar Neymar, que já marcou seis. “Não tenho essa vaidade. Somos jogadores de características diferentes. Neymar é mais velocista e eu sou de área, além disso, ele tem atuado mais do que eu e não há nada de rivalidade particular. Fico feliz pelo Neymar porque ele merece isso (ser o artilheiro do time)”, afirmou Kardec.

TREINO NA VILA – O treino técnico de sexta-feira cedo, quando Muricy Ramalho vai confirmar o time para o clássico de domingo contra o Corinthians, deverá ser na Vila Belmiro para que os jogadores se adaptem ao novo gramado. O Santos nem estreou na Vila Belmiro neste ano e os dirigentes já planejam mandar o jogo de volta contra o Juan Aurich, no dia 22 de março, no Pacaembu.