Ainda sob o comando do técnico interino Wesley Carvalho, que substituiu Claudinei Oliveira, mandado embora após a segunda rodada, o Vitória bateu o Criciúma, por 2 a 1, na noite desta terça-feira, no Barradão, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O jogo foi resolvido pelo time baiano na bola parada com seus dois zagueiros, Guilherme Mattis e Ramon, fazendo um gol em cada tempo. Pelo Criciúma, Paulo Sergio descontou e teve a oportunidade de deixar tudo igual, mas acabou perdendo um pênalti. Com os três pontos, o time baiano chegou aos nove pontos, enquanto o Criciúma ficou com seis, na zona intermediária.

O Vitória começou com tudo e logo no primeiro minuto quase abriu o placar. Numa rápida jogada, a bola foi lançada para Flávio, que invadiu a área e bateu cruzado, acertando a trave do goleiro Luiz. O jogo era muito preso no meio-campo, sem jogadas

ofensivas. No entanto, a bola parada resolveu. Aos 34 minutos, Escudero cruzou na medida para o zagueiro Ramon, que subiu mais que todo mundo e testou para o fundo das redes.

No segundo tempo, o Criciúma voltou em cima e logo aos sete minutos teve uma boa chance de empatar. Paulo Sérgio foi derrubado pelo goleiro Fernando Miguel. O próprio atacante foi para bola, mas isolou por cima do gol.

O Vitória voltou a atacar e, aos 20, ampliou numa jogada similar ao gol da etapa inicial. Escudeiro cruzou e Guilherme Mattis cabeceou para o gol. Quando o placar já parecia estar quase resolvido, aos 25 minutos o Criciúma descontou. Lucca fez boa jogada e cruzou para Paulo Sérgio, que só desviou para o fundo das redes.

O Vitória volta ao gramado na próxima sexta-feira, contra o Atlético-GO, em Salvador, às 19h30. O Criciúma joga no sábado contra o Macaé, em Criciúma, às 16h30.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 2 X 1 CRICIÚMA

VITÓRIA – Fernando Miguel; Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Amaral, FlÁvio, Pedro Ken (Vander) e Escudero (Jorge Wagner); Rogério (David) e Elton. Técnico – Wesley Carvalho (interino).

CRICIÚMA – Luiz; Ezequiel, Wanderson, Fábio Ferreira e Cristiano; Wellington (Lucca), Walfrido (Barreto) e Cleber Santana; Juba, Paulo Sérgio (Tiago Adan) e Silvinho. Técnico – Moacir Júnior.

GOLS – Ramon, aos 34 minutos do primeiro tempo. Guilherme Mattis, aos 20, e Paulo Sérgio aos 25 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Paulo Schleich Vollkopf (MS).

CARTÕES AMARELOS – Pedro Ken, Rogério, Fernando Miguel e Escudero (Vitória); Fábio Ferreira, Wellington, Lucca e Walfrido (Criciúma).

RENDA – R$ 43.880,00.

PÚBLICO – 3.892 (total).

LOCAL – Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).