O zagueiro e capitão Henrique deixa a Série B como um dos jogadores mais valorizados do Palmeiras, já que, além da boa participação na competição, ele tem sido convocado para a seleção brasileira. O empresário do atleta, Marcos Malaquias, admite que ele rejeitou várias propostas neste ano e que novas ofertas devem chegar, inclusive do Villarreal, clube que tentou sua contratação anteriormente.

“O pessoal do Villarreal nos procurou mais de uma vez e falamos que não íamos conversar porque o Henrique estava focado em subir com o Palmeiras. Eles ficaram de me procurar no final do ano para voltar a conversar, mas ainda não teve um novo contato”, revelou Marcos Malaquias.

O treinador do Villarreal é Marcelino Garcia, que já comandou Henrique no Racing Santander, também na Espanha, e é fã do estilo do zagueiro palmeirense. “O técnico do Villarreal adora o Henrique e sempre pede sua contratação”, contou o empresário do jogador.

Embora Henrique e seu empresário aguardem propostas, a prioridade do zagueiro é permanecer no Palmeiras em 2014 – o contrato vai até 2017. “O Henrique está feliz aqui. Conversei com ele esses dias e está muito focado. Ele vive o Palmeiras e seu grande objetivo nesta temporada era colocar a equipe de volta à Série A e fazer uma boa temporada ano que vem”, explicou Marcos Malaquias.

Algo que pode facilitar uma negociação do zagueiro é o fato do clube ter algumas pendências financeiras da época da sua transferência, em 2011. Ainda na gestão de Arnaldo Tirone, o clube não pagou tudo que deveria para a empresa que participou da transação. “Temos, sim, algumas pendências financeiras, mas acredito que vamos nos resolver tranquilamente. Não acredito que isso seja problema”, assegurou o empresário de Henrique.