O zagueiro Réver, do Atlético-MG, foi submetido com sucesso a uma cirurgia no tornozelo esquerdo, nesta quarta-feira, no Hospital MaterDei, em Belo Horizonte, informou nesta tarde o médico do clube, Rodrigo Lasmar. A previsão é de que o jogador ficará de dois a três meses sem poder atuar, fato que tornou reduzidas as suas chances de o defensor integrar a lista de convocados da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2014.

Com Thiago Silva, David Luiz e Dante praticamente assegurados no Mundial, Réver estava na disputa direta por uma quarta e última vaga na zaga do Brasil. Mas, como deverá ficar pelo menos dois meses sem jogar, dificilmente será convocado no próximo dia 7 de maio, quando o técnico Luiz Felipe Scolari anunciará os 23 nomes escolhidos para a sua seleção.

Réver precisou ser operado depois de ter tomado uma pancada no tornozelo que gerou inflamação e um edema ósseo. Por meio de nota em seu site oficial, o Atlético informou que o atleta deverá receber alta do hospital na noite desta quarta-feira e começará a fazer fisioterapia nos próximos dias.

Um dos destaques atleticanos na conquista da Copa Libertadores do ano passado, o zagueiro fez parte do grupo que jogou a Copa das Confederações de 2013, conquistada pelo Brasil, mas depois perdeu espaço na equipe nacional. Neste ano, ele disputou apenas dois jogos pelo time mineiro, sendo um deles contra o Zamora, na Venezuela, na estreia atleticana na Libertadores de 2014. Entretanto, atuou no sacrifício naquele duelo e, após o tratamento conservador não surtir o efeito desejado, o departamento médico do clube acabou se vendo obrigado a realizar o procedimento cirúrgico.