Um dia depois de rescindir contrato e deixar o comando da seleção belga, o técnico holandês Dick Advocaat admitiu nesta sexta-feira que vai assumir a seleção russa. Ele disse que o acordo ainda não foi assinado, mas revelou que já está tudo acertado.

“Serei o próximo técnico da Rússia, mas ainda não assinei contrato”, revelou Advocaat, que já passou pelas seleções da Holanda, Coreia do Sul e Emirados Árabes, além de diversos clubes europeus, como PSV Eindhoven, AZ Alkmaar, Glasgow Rangers e Zenit.

O pedido de demissão de Advocaat provocou surpresa na Bélgica. Ele tinha assumido o cargo há cerca de seis meses, com o objetivo de classificar a seleção belga para a Eurocopa de 2012. Mas, diante da oferta russa, resolveu trocar de emprego.

Quando o negócio finalmente for oficializado, provavelmente apenas no dia 17 de maio, Advocaat irá substituir o também técnico holandês Guus Hiddink, que está deixando o comando da seleção russa e vai assumir a Turquia a partir de agosto.