te42181104.jpg

Adriano pode fazer parte de um time
milionário que o Corinthians está armando.

Primeiro era o Porto. E já não é mais. O lateral-esquerdo Leandro foi oficialmente anunciado ontem como reforço do Porto. O jogador do Cruzeiro assinou contrato por cinco anos, e esta contratação sepulta a possibilidade de Adriano ir para o campeão europeu. Só que, agora, o jogador coxa entra na lista de possíveis contratados do Corinthians.

Tudo dependeria, segundo o jornal Agora, da assinatura do contrato entre o clube paulista e a MSI, empresa de origem duvidosa que está aceitando todas as exigências dos conselheiros do Timão. Apesar de muitos quererem a transparência total do negócio, o presidente Alberto Dualib anunciou que o acordo de co-gestão está fechado.

Isto provocaria mudanças profundas no Corinthians. Grande parte da diretoria entregaria os cargos (a começar pelo vice de futebol Antônio Roque Citadini), o técnico Tite pediria demissão, já que Vanderlei Luxemburgo foi procurado pela MSI há alguns dias e o elenco seria reformulado.

Daí entra Adriano. Não só ele, mas como uma leva de jogadores famosos. O Agora ventila os nomes do lateral-esquerdo coxa, do meia Marquinhos (ex-Paraná e que já está em contato com o Cori), do craque sérvio Petkovic, do Vasco, e dos atacantes Fred, do Cruzeiro, e Tévez, do Boca Juniors.

Procurado, Ataliba quer ficar no Coritiba

Se a temporada 2004 do Coritiba acabou sendo de alegrias e tristezas, para um jogador foi o ano da "volta à casa" e a confirmação de tudo que fez fora do Alto da Glória. O volante Ataliba foi um dos destaques alviverdes, sendo o atleta mais regular em todas as competições – Paranaense, Libertadores, Sul-Americana e brasileiro. O prêmio, para ele, seria a renovação de contrato. E ele já foi procurado.

"Nós já tivemos uma conversa preliminar", confirma Ataliba. Daí se tiram duas constatações: quando a diretoria fala que já está planejando 2005, é verdade; e que já se pensa inclusive nos atletas do elenco que interessam para a próxima temporada. Para o volante, tão importante quanto ser procurado é saber que segue interessando. É muito bom, porque prova que a gente fez um bom trabalho. O meu interesse é ficar no Coritiba ano que vem", resume.

Até porque ele teve um "renascimento" em 2004. Depois de duas temporadas fora do Coritiba (uma no Vissel Kobe, do Japão, e outra no Sport Recife), Ataliba gostou de ter voltado. A passagem por Pernambuco foi reveladora para Ataliba. "É nas horas que você fica distante é que você percebe o valor das coisas. Quando voltei para o Coritiba, vi o quanto é importante uma estrutura como a que se tem aqui, com um CT equipado, uma torcida participante e uma diretoria que cumpre os compromissos", relata.

Ataliba só lamenta as dificuldades do Coxa no Brasileiro. "Nós conquistamos o Paranaense e não conseguimos manter o mesmo ritmo no brasileiro", diz o volante, que não pensa em sair do Coritiba tão cedo. "Aqui eu me sinto bem, fiz amigos e tive reconhecimento. Se fosse deixar o clube, só se fosse para um desafio maior", garante Ataliba. Por isso, ele espera a contrapartida da direção. "Sei que vai correr tudo bem", finaliza.

Time

Mais que nunca, é hora de estudar o adversário. É certo que a escalação do Coritiba – e a tática que será usada no jogo de domingo – tenha como referência a formatação do Santos, vice-líder do Brasileiro. A exposição do time de Vanderlei Luxemburgo facilita a observação, mas ressalta as virtudes. E por isso Antônio Lopes exige atenção, e pode até fazer mistério.

Em uma conversa descompromissada, o Delegado deixa claro que conhece o Santos. No meio do papo, comenta-se que, caso Elano realmente não jogue, o Peixe poderia começar com três atacantes. "Se o Elano ficar de fora, ou joga o Marcinho ou joga o Luís Augusto", explica o treinador coxa.

Mas Antônio Lopes sabe que toda possibilidade de atuação do Santos passa pela utilização – ou não – de Robinho. Caso o atacante jogue, não seria surpresa uma formação com três zagueiros. É bom lembrar que o técnico tem, pela primeira vez em muito tempo, com seus principais jogadores de defesa, Flávio, Miranda, Reginaldo Nascimento e Alexandre.

Além de esperar se Robinho vai ou não para o jogo, Lopes espera pela recuperação total de Jucemar e Aristizábal, mesmo que o colombiano não deva ter resistência física para os noventa minutos. Ontem, Ari treinou entre os reservas.