O atacante Adriano foi vetado para o jogo contra o Corinthians, no domingo. O jogador do Flamengo sofreu uma infecção em uma queimadura no calcanhar esquerdo e só deverá voltar ao time na última partida do Brasileirão, contra o Grêmio, no dia 6 de dezembro.

A lesão do atacante foi confirmada pelo médico do clube José Luiz Runco em entrevista coletiva nesta sexta-feira. Adriano já havia ficado de fora dos treinos de quarta e quinta-feira por causa do machucado. O atleta explicou que sofreu a queimadura em uma lâmpada no jardim de sua casa.

“É algo muito desagradável, ainda mais em um momento como este, reta decisiva. Estou muito triste, mas é uma decisão para não me prejudicar para a próxima partida. Vão dizer que é por isso ou aquilo, mas tenho minha consciência tranquila”, afirmou Adriano ao explicar sua ausência.

O jogador nem deverá viajar com a delegação do Flamengo para o jogo de domingo, em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. O time carioca ocupa a vice-liderança do Brasileirão, com 61 pontos, apenas um a menos que o São Paulo.

Com o desfalque, o esperado confronto entre Adriano e Ronaldo será mais uma vez adiado. No jogo entre as duas equipes durante o primeiro turno do Brasileirão, Ronaldo ficou de fora porque se recuperava de um machucado na mão esquerda.

Sem poder contar com Adriano, artilheiro do Brasileirão, com 19 gols, o técnico Andrade deverá formar o ataque do Flamengo com Zé Roberto e Bruno Mezenga. “É lamentável. Mas somos um grupo. Quem sabe o Bruno não vira o herói do jogo. Confio na vitória”, disse o treinador.