Rio (AG) – O jogador da moda na seleção brasileira não quer saber de oba-oba. Mesmo depois de conquistar os títulos de melhor jogador e artilheiro da Copa das Confederações, Adriano afirmou que não se considera titular da equipe de Carlos Alberto Parreira. Segundo o jogador, há muitos bons atacantes que brigam com ele por uma vaga no time e que uma delas, na sua opinião, já é de Ronaldo.

? A seleção brasileira hoje tem grandes jogadores e isso é até uma dificuldade para o professor Parreira, mas ele sabe a equipe que vai ser melhor. Se jogar eu, Robinho ou Ronaldo, qualquer um tem que ter o objetivo de ganhar a Copa do Mundo, mas é claro que vou brigar para ser titular ? afirmou o jogador, que está no Rio, onde passa dez dias de férias.

Adriano confirmou que está vivendo o melhor momento de sua carreira, que começou no Flamengo. No meio do ano passado, ele já conquistara os principais títulos individuais na vitoriosa campanha na Copa América do Peru. Ele foi o artilheiro da competição, com sete gols. Depois de uma temporada excelente no seu clube, o Internazionale de Milão, o atacante também se firmou no grupo de Parreira na Copa das Confederações. Depois da conquista do título, o técnico já deu a entender que Adriano é um dos poucos jogadores que não foram pentacampeões que têm presença praticamente assegurada no grupo que vai à Copa do Mundo.