O técnico Adilson Batista preferiu transferir para os seus jogadores a maior parcela de culpa pelos recentes mal resultados da equipe, que não vence há cinco rodadas no Brasileirão. “Eu treino, escalo, converso, corrijo, ajudo e incentivo, mas quem resolve são eles lá dentro”, disse o treinador, se referindo aos seus atletas.

Com onze desfalques, Adilson tem problemas para escalar a equipe no jogo deste sábado, às 18h, contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli. Por isso, faz mistério e realizou, nesta sexta, um treino fechado à imprensa no CT da Barra Funda.

“Prefiro que o adversário não saiba. Facilita o trabalho de quem organiza. Na minha cabeça, acho que é importante, ganhando ou perdendo. Agora, em função dos desfalques, deixa dúvida para o outro lado. Eu sei o que vou fazer”, garantiu o treinador, que não terá: Jean, Piris, Bruno Uvini, Juan, Denilson, Wellington, Cañete, Lucas, Fernandinho, Luis Fabiano e Dagoberto (este, gripado, é desfalque de última hora).

Para completar o elenco, três garotos serão relacionados: o lateral-direito Danilo, o volante João Felipe e o atacante Bruno – estes dois voltam ao elenco, do qual já fizeram parte com Carpegiani. “Não estava esperando esta oportunidade, mas graças a Deus o professor está me dando esta chance e espero corresponder”, ressaltou Bruno, de 18 anos.

Já o lateral-direito Danilo, de 19, está recebendo a segunda chance de treinar nentre os profissionais. Em 2009, ele foi relacionado para um jogo do Paulistão, mas não voltou a ter oportunidades após sofrer uma grave lesão no joelho. Recuperado, ele quer vida nova. “Recebi esta oportunidade e, se tiver chance de jogar, vou procurar agarrar com unhas e dentes. A lesão já é passado e agora as coisas boas estão acontecendo para mim”, disse o jogador.

Confira a lista de relacionados:

Goleiros: Rogério Ceni e Denis.

Zagueiros: Rhodolfo, Xandão, Luiz Eduardo, Rodrigo Caio e João Filipe.

Laterais: Danilo e Henrique Miranda.

Meio-campistas: Casemiro, Carlinhos, Cícero, Rivaldo, Marlos, João Felipe.

Atacantes: Henrique, Willian e Bruno.