enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Bastidores

Ação solidária, homenagem às mulheres e a Caio Júnior. Paratiba teve destaques fora de campo

Apesar do baixo público na Vila Capanema, clássico deu exemplo de solidariedade antes de a bola rolar e compensou o futebol abaixo da média apresentado por Paraná Clube e Coritiba

  • Por Juliana Fontes
Sócias do Paraná Clube e integrantes da ONG Todas Marias entraram em campo com jogadores dos dois times. Foto: Albari Rosa

Paratiba de número 100. Dentro de campo, emoção, como era de se esperar de um clássico. Paraná Clube e Coritiba foram para o duelo com força total. Para o Tricolor, vencer significaria a reação de uma fase delicada com jejum de vitórias. Para o Alviverde, o placar a favor provaria que o título no primeiro turno do Paranaense não veio por acaso. Quem se deu melhor no confronto foi o time paranista, que venceu por 2×0 mesmo com um jogador a menos no final da partida. E além das quatro linhas, muitos momentos marcaram o jogo.

Antes de a bola rolar, três ações marcaram o início do clássico. A primeira aconteceu em conjunto entre as duas equipes. Os torcedores foram convocados a trazer para o jogo alimentos para serem doados aos moradores do Parolin. A comunidade foi muito afetada com as chuvas do último domingo (4) e, por isso, os clubes se uniram para realizar a arrecadação de alimentos a quem precisa.

Ainda do lado paranista, outra novidade pré-jogo. O time aproveitou o primeiro jogo da Taça Caio Júnior realizado em casa para lançar uma camisa retrô em homenagem ao ídolo tricolor. A família do ex-técnico esteve presente para receber a homenagem. As camisas, que são réplicas das usadas no título estadual de 1997, estarão disponíveis para compra nas lojas do clube daqui 15 dias.

Torcedores levaram alimentos para serem doados para vítimas da chuva do último domingo (4). Foto: Juliana Fontes

Torcedores levaram alimentos para serem doados para vítimas da chuva do último domingo (4). Foto: Juliana Fontes

A terceira iniciativa que marcou os bastidores do clássico foi promovida também pelo Paraná Clube. Na entrada ao gramado, 11 sócias e 10 integrantes da Organização Não Governamental (ONG) “Todas Marias” entraram com os jogadores. As homenageadas usavam uma camisa com a frase: vestimos a camisa pelo fim da violência contra a mulher. Anna Paula Guaita Stubert foi uma das associadas sorteadas para participar da ação. Feliz por poder estar em campo com os jogadores do time do coração, ela aprovou a iniciativa.

“Gostei muito da ação do clube em homenagear às mulheres sócias, que estão sempre ao lado do clube, além de tratar de um tema importante. Sensacional! Isso valoriza as mulheres e as atrai para virarem sócias”, comentou a torcedora.

A partida começou e a torcida tentava fazer sua parte empurrando os times. Em uma noite fria de quarta-feira (7), a Vila Capanema ficou longe de lotar. O jogo foi televisionado e isso também afastou o público. Compareceram à Vila Capanema um total de 4.648 torcedores, que viram o Paraná crescer no segundo tempo e garantir a primeira vitória no segundo turno do Estadual.

Homenagem às mulheres na Vila Capanema. Foto: Albari Rosa

Homenagem às mulheres na Vila Capanema. Foto: Albari Rosa

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

10 Comentários em "Ação solidária, homenagem às mulheres e a Caio Júnior. Paratiba teve destaques fora de campo"


Tony
Tony
3 meses 13 dias atrás

Jamais o o Tricolor vai imitar um clube que deve até as cuecas! Um penhorado ao estado e município!

Anti-lixo
Anti-lixo
3 meses 14 dias atrás

Sempre imitando o Atlético,que já fez várias ações para doações e várias vezes homenageou as mulheres. Começaram tarde !!!!

daniel
daniel
3 meses 14 dias atrás

se for pra imitar que seja de um time campeao….nao um.timeco q pensa ser grande q ninguem da america do sul conhece….

Gabriel M
Gabriel M
3 meses 14 dias atrás

Fizeram ações de doação do toba.

Fernando Pereira
Fernando Pereira
3 meses 14 dias atrás

Que recalque hein, poddle é phoda…

Juramir Mesquita
Juramir Mesquita
3 meses 14 dias atrás

O Coxa foi campeão do primeiro turno, porque os demais não estavam entrosados, e foi o menos ruim. Porém com esse time jogando mal não ganha de ninguém. Se acomodaram por estar na final antecipadamente, não sei. E o Kleber, já embora ou veio para reforçar o DM.

a maior torcida doPrCoxa
a maior torcida doPrCoxa
3 meses 14 dias atrás

Vergonha. diretoria fraca, técnico fraquíssimo, jogadores sofríveis esse e´o Coritiba. Sempre Coritiba, a maior torcida do Pr

FURACÃO O MAIOR DO ESTADO
FURACÃO O MAIOR DO ESTADO
3 meses 14 dias atrás

Chora paquita! Chora que o ano só esta começando !!! Sempre Xoritiba a maior Vergonha do Pr!!!
hauhauahauhau

a maior torcida doPrCoxa
a maior torcida doPrCoxa
3 meses 14 dias atrás

quem está falando o campeão DE NADA ., eliminado DE TUDO? Sempre Coritiba

Willian
Willian
3 meses 14 dias atrás

A maior vergonha do pr quem? Xoxa , time que não ganhou nenhum clássico em 2018 ? Xoxa , time que está na segundona ? Xoxa , o maior em vergonhas do estado !

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas