O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, acompanhado dos inspetores da Fifa em visita a São Paulo, revelou hoje que a cidade deve ficar com a abertura da Copa do Mundo de 2014.

Ao lado do governador José Serra no Palácio dos Bandeirantes, o dirigente explicou que a abertura de um grande evento tem de acontecer numa grande cidade. "Existe uma parte muito ativa para que São Paulo seja o local da abertura da Copa", explicou Teixeira. "O início de grandes eventos sempre ficam para os grandes centros.

Os inspetores da CBF estão no Brasil para analisar as condições do País para realizar a competição. Eles não só vistoriam os estádios, como também centros médicos e o sistema de transporte.

Apesar de ser candidato único, o Brasil ainda não foi confirmado como sede da Copa. A decisão da Fifa sobre a realização do Mundial de 2014 está agendada para o próximo dia 30 de outubro, em Zurique, na Suíça. Se o País for confirmado, de oito a 12 cidades serão escolhidas como sede entre julho e dezembro de 2008.