De folga após uma sequência de jogos decisivos, Abel Braga evitar fazer previsões sobre o futuro confronto do Fluminense nas quartas de final da Copa Libertadores. O técnico revelou nesta sexta-feira que já assistiu jogos dos dois possíveis rivais – Tigre ou Olímpia -, mas disse que não escolhe adversário.

“Assisti a dois jogos do Tigre. A equipe melhorou bastante em relação à primeira partida contra o Palmeiras [fase de grupos], em que venceram, mas poderiam ter perdido por três ou quatro. Na quarta-feira, ganharam do Vélez fora de casa no Campeonato Argentino”, comentou o treinador, mostrando-se atualizado em relação ao eventual adversário argentino.

“Sobre o time paraguaio, vi um jogo e gostei muito da equipe, mas a partida já estava no meio e só fui saber depois que estavam com um jogador a mais (4 a 1 contra o Newell’s Old Boys). De qualquer forma, jogar no Paraguai é sempre complicado, seja qual for o time. O estádio está sempre lotado”, avaliou.

Depois de analisar as duas equipes, Abel prefere não apontar um preferido. “Enfim, não dá para escolher adversário”, afirmou. O Tigre venceu o Olímpia por 2 a 1 no primeiro jogo. O segundo duelo está marcado para a próxima quinta-feira. O Fluminense prevê que a partida de ida das quartas será disputada no dia 22.

Enquanto isso, o treinador aproveita a folga concedida aos jogadores após a suada classificação nas oitavas de final. “O descanso mental será essencial. Estávamos jogando de três em três dias, só jogos decisivos, o cansaço é grande. Soma o mental com o físico, é complicado”.