A cada dois anos tem eleição no Brasil e os eleitores costumam esquecer o número da sua zona eleitoral que consta no título de eleitor. É normal, após tanto tempo sem olhar o documento. Nesta ano, porém, seu local de votação pode ter mudado por causa da pandemia do coronavírus. Para resolver o problema de esquecimento, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mantém em seu site um espaço de busca. Com base no endereço do TSE na internet, a Tribuna preparou um tutorial para facilitar a vida do eleitor e garantir que a busca seja feita no site verdadeiro, evitando um clique em algum endereço falso. Afinal, há gente mal intencionada por aí, aplicando golpes, e ninguém quer correr esse risco.

+Leia mais! Vai justificar o voto nas eleições 2020? Veja as forma de justificar a sua ausência

Vamos lá! O TSE oferece dois tipos de busca para a zona eleitoral e local de votação. Um deles é por estado, onde o eleitor clica e escolhe o local onde mora. Nessa busca, aparecem todas as zonas eleitorais para o eleitor procurar o seu número.

O segundo tipo de busca é individual e mais preciso. O eleitor insere o seu nome completo, data de nascimento, nome completo da mãe e marca a chave de controle de fraudes indicando que ele não é um robô. A informação sobre o cadastro eleitoral aparece completa.

>>>Tudo sobre as opções de voto no Guia dos Candidatos da Tribuna!

Busca por nome

Acesse o link do TSE para consulta por nome.

Selecione uma das duas opções: “consulta por nome” ou “consulta por título”.

Insira o nome completo ou CPF, data de nascimento e o nome completo da mãe.

Marque a chave de controle de fraude.

Clique em “consultar””

Pronto, as informações estarão na próxima tela.

Busca por estado

Acesse esse outro link do TSE.

Selecione o seu estado.

Pronto, uma lista com todas as zonas eleitorais vai aparecer. 

Procure a sua zona eleitoral verificando informações como endereço, bairro e cidade.

Eleições 2020

Fique por dentro das notícias das Eleições 2020 em Curitiba nas páginas da Tribuna. #TamoJunto!