As eleições 2020 no Paraná contarão com um aumento de 10 mil policiais militares em todo o Paraná, segundo esquema de segurança elaborado entre a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp) e o Tribunal Regional Eleitora (TRE-PR). Além disso, haverá lei seca, válida entre às 5h da manhã até 17h de domingo, dia do pleito. Quem não estiver de máscara será abordado pela Polícia Militar e orientado a utilizar o equipamento de proteção contra a disseminação do vírus.

>>>Tudo sobre os candidatos no Guia dos Candidatos da Tribuna

O secretário de segurança pública do Paraná, Rômulo Marinho Soares, ressaltou que aqueles que estiverem com máscara serão questionados e orientados pelas forças de segurança. “No caso do não uso de máscaras, por exemplo, os policiais vão educadamente abordar o cidadão, sem truculência, de forma tranquila”, explicou. Haverá lei seca, válida entre 5h da manhã até 17h de domingo. “O objetivo é proibir em todo o Paraná o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos. É para que o cidadão vá sóbrio exercer seu voto e depois vá pra casa. Lembrando que estamos em uma pandemia”, disse.

Em coletiva, comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Péricles de Matos; Desembargador Tito Campos de Paula e o secretário da Segurança Pública, coronel Romulo Marinho Soares, explicaram esquema de segurança das eleições 2020.

Presos e crimes eleitorais

Segundo Soares, as pessoas que cometerem crimes eleitorais em Curitiba serão encaminhadas para o Fórum Eleitoral. “Se for no interior, onde houver Delegacia da Polícia Civil, para lá serão encaminhados. Caso tenha delegacia da Polícia Federal, serão levadas para a PF”, explicou o secretário.

Nove carretas “anti coronavírus”

Tito Campos de Paula, presidente do TRE-PR, disse que o Paraná recebeu nove carretas carregadas com itens de proteção contra o covid-19. “Fomos surpreendidos pela pandemia. A justiça eleitoral fez tudo aquilo que estava dentro de seu alcance para garantir a realização destas eleições. Recebemos nove carretas carregadas com de materiais como milhares de litros de álcool gel, máscaras e escudos para cada um dos nossos colaboradores do processo”, disse.

O presidente lembrou que as 22 mil seções eleitorais no Paraná terão frascos de álcool gel. “Além disso, nenhum eleitor deve comparecer à eleição sem máscara. Ele deve levar ainda uma caneta pra evitar o compartilhamento. Quem não for votar, não compareça às seções. É possível justificar pelo E-título“, disse Tito.