enkontra.com
Fechar busca

Publicidade

Portão

Bonde solidário

Foto: Gerson Klaina.
Escrito por Lucas Sarzi

Você acredita que o espirito natalino faça com que as pessoas se unam? Um grupo de moradores leva bem a sério isso e resolveu, a partir de uma simples e tradicional brincadeira de amigo secreto, começar a ajudar crianças carentes. O mais inusitado? Esse grupo se conheceu dentro de um ônibus alimentador, da linha Portão.

A ideia partiu do próprio motorista, que virou amigo de quem usa o coletivo todos os dias. ‘Trabalho nessa mesma linha há 12 anos e, desde então, sempre tive um bom relacionamento com os passageiros. Com o tempo, fizemos amizade e passamos a fazer um amigo secreto entre nós, mas no ano passado tivemos a ideia de juntar presentes para fazermos a alegria de quem precisa mais do que a gente‘, contou Joel Pereira dos Santos.

Pesquisando, o homem, que tem 35 anos de experiência como motorista, descobriu uma comunidade de Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), com crianças que não tinham a alegria de um presente no Natal. ‘No ano passado, pedi aos passageiros que eles, ao invés de comprarem um presente pra mim ou para trocarmos, que trouxessem brinquedos. Fomos entregar, deu muito certo e agora não queremos parar mais‘.

Joel contou que, para ele, foi ainda mais emocionante ver o brilho nos olhos das crianças ao ganharem o presente especial. ‘Vim do Mato Grosso e, quando pequeno, nunca ganhei um presente de Natal. Minha família não tinha condições. Hoje, poder ver tanto presente assim sendo entregue, eu me sinto realizado, me sinto vivo‘.

Foto: Gerson Klaina.

Foto: Gerson Klaina.

Família unida

Depois de tanto tempo juntos, os passageiros acabaram se conhecendo e, além de formarem uma grande família, acabaram aproveitando momentos bons juntos. ‘Sou da turma do fundão, da turma da bagunça, então sempre agitei muito. A gente foi se conhecendo, me juntei com o motorista e deu muito certo‘, contou Meire Quareli, uma das passageiras do coletivo.

Foto: Gerson Klaina.

Foto: Gerson Klaina.

‘Aqui nesse carro não entra um passageiro sem me dar bom dia, sem saber quem eu sou. Formamos um grupo muito bonito de amigos‘, definiu Joel. ‘A gente pega o mesmo ônibus todos os dias, você acaba participando da vida das pessoas, é muito legal o que acontece nessa linha‘, completou Meire.

Vão além

Os brinquedos arrecadados pelos passageiros vão ser entregues em Agudos do Sul neste sábado (23), mas quem quiser ainda tem tempo. Os presentes podem ser entregues diretamente ao motorista, que atende pelo telefone (41) 99696-0494.

Além dessa ação de Natal, o grupo já se organizou para ajudar quem precisa em outros momentos também. ‘Tem várias comunidades que precisam de ajuda, por isso não vamos parar. Nossa próxima etapa é arrecadar material de higiene para o Hospital do Idoso‘, adiantou Meire.

Sobre o autor

Lucas Sarzi

Jornalista formado pelo UniBrasil.

Deixe um comentário

avatar

6 Comentários em "Bonde solidário"


PEDRO Girardi
PEDRO Girardi
7 meses 1 dia atrás

BELISSIMO GESTO…..PARABÉNSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

vicente de paula gonçalves
vicente de paula gonçalves
7 meses 1 dia atrás

Parabéns J.P Santos, bela iniciativa a sua, trabalhei contigo na redentor por anos!

Elcio
Elcio
7 meses 1 dia atrás

Esse motorista é um exemplo. Conheço ele a muitos anos na linha Portão. Parabéns pela atitude aos pobres que sequer um doce ganham no ano.

le
le
7 meses 1 dia atrás

para creches,orfanatos tudo bem, agora dar presente para favelado que o pai é bandido,rouba , mata e vagabundeia é pedir para ser trouxa….

vicente de paula gonçalves
vicente de paula gonçalves
7 meses 1 dia atrás

E as crianças tem culpa dos pais serem uns lixos?? Elas pediram ao nascer: “Óh… quero ser filho de pai lixo, pai drogado, pai vagabundo, quero nascer em uma favela, quero ser miserável de pobre, isso mesmo?? Que concepção a sua Ie, lamentável…

Elcio
Elcio
7 meses 1 dia atrás

Não é nada disso. Vai junto com ele e você verá para quem são entregues os presentes.

wpDiscuz
(41) 9683-9504