enkontra.com
Fechar busca

Publicidade

Pinheirinho

ONG promove feijoada beneficente para ajudar crianças carentes de Curitiba

Foto: Arquivo/Gazeta do Povo
Giselle Ulbrich
Escrito por Giselle Ulbrich

A ONG Atitude de Amar, que atende crianças carentes da Vila Nossa Senhora das Graças, no bairro Pinheirinho, em Curitiba, estará promovendo uma Feijoada Solidária no próximo domingo (16). O valor arrecadado será revertido para as atividades da ONG, que promove atenção, afeto, cidadania e desenvolvimento humano aos assistidos.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

O convite custa R$ 18 (pode ser comprado antecipado ou na hora) e a feijoada será servida em duas marmitas (uma com feijoada e a outra com os acompanhamentos: arroz, couve, banana milanesa e laranja). Cada convite serve duas pessoas. Quem quiser ajudar com ingredientes para a preparação da feijoada também pode doar até esta quinta-feira (13).

Afeto

A ONG Atitude de Amar atende 35 crianças dos 4 aos 13 anos. Conforme Célia Cagé, uma das coordenadoras, os assistidos são muito carentes, financeira e emocionalmente. 85% das crianças são de família muito humildes.

Através de encontros semanais, nos sábados à tarde, a Atitude de Amar visa incentivar e promover ações sociais e atividades que forneçam apoio emocional e aconselhamento, amor, respeito e cidadania através de atividades, palestras e jogos. “Nossa missão é mostrar a eles o certo e o errado, o respeito, o carinho e a atenção que muitos não têm em casa”, explica a voluntária.

Célia diz que o objetivo é tentar afastar as crianças da rua e da violência. “Eu ainda não tive condições financeiras de deixar meu emprego. Por isso faço as atividades com eles somente aos sábados. Mas meu sonho é parar de trabalhar, se Deus quiser ano que vem, para me dedicar ao longo de toda a semana a eles. Mantê-los dentro da ONG todos os dias da semana no contraturno escolar para que fiquem sempre longe da violência. Esse tempinho que eles passam conosco é o único momento que muitos podem ser crianças”, diz Célia, que privilegia atividades que fortaleçam o desenvolvimento humano dos pequenos.

Em algumas situações, não são somente as crianças que são assistidas, mas suas famílias também recebem orientação, apoio e ajuda de cestas básicas. “Muitas vezes o problema não está só na criança, elas apenas refletem a família”, mostra Célia.

Atividades

Nos sábados a tarde, a ONG busca as crianças em casa, leva até o espaço das atividades e as divide em duas turmas, uma dos 4 aos 7 anos e a outra dos 8 aos 13 anos (antes era todo mundo junto), para que as atividades sejam mais direcionadas. Ao final das atividades educativas, a ONG oferece um lanche aos assistidos e conta com a ajuda de doações. “Tem uma salgadeira que, final de semana sim, outro não, nos faz doações de sanduíches e salgadinhos”, diz.

E quem deu sua parcela de contribuição, no último fim de semana, foi a Guarda Municipal de Curitiba, que fez um teatro de fantoches com as crianças, dando noções de segurança e cidadania.

Improviso na garagem

Célia conta que desenvolviam as atividades nas instalações da igreja que frequentam, em forma de projetos (não como ONG). Mas, numa das últimas mudanças de pastores na igreja, eles pediram o espaço para outras programações religiosas e o projeto ficou sem espaço no final do ano passado. “Nós costumamos andar pelas ruas da comunidade e as crianças vêm nos abraçar, conversar. Nessa época, eles estavam em férias e perguntavam quando íamos retomar as atividades. Nós não tínhamos coragem de dizer a eles que o projeto havia sido encerrado. Então conversamos nós os coordenadores e decidimos dar um jeito de continuar. Demos uma ajeitada na garagem da casa de uma das voluntárias e lá passamos a atender as crianças”, explicou Célia, que está recebendo ajuda da Regional do Pinheirinho para regularizar a ONG e assim tornar mais fácil a captação de recursos.

feijoada-beneficente-divulgacaoComo comprar a feijoada

Ingressos: R$ 18 (no dia)

A marmita da feijoada serve duas pessoas e deve ser retirada no dia 16 de junho (domingo), das 12h às 14h, na Rua Izaac Ferreira da Cruz, 1385, Pinheirinho – Curitiba.

Ingressos, doações e mais informações

Célia – (41) 99534-7194

Gabriel – (41) 99871-4818

Super Mário dirigindo Uber? Entenda essa loucura!

Sobre o autor

Giselle Ulbrich

Giselle Ulbrich

Deixe um comentário

avatar

1 Comentário em "ONG promove feijoada beneficente para ajudar crianças carentes de Curitiba"


Lasca Denovo
Lasca Denovo
2 meses 8 dias atrás

Bora ajudar a piazada! Já arrumei almoço pra domingo então!

wpDiscuz
(41) 9683-9504