enkontra.com
Fechar busca

Publicidade

Curitiba

Cidadão consciente

Foto: Freepik
Giselle Ulbrich
Escrito por Giselle Ulbrich

Patrocínio

imgad

A Tribuna do Paraná passou a semana falando em como reduzir ou reaproveitar o lixo. Mas não são somente as empresas ou as administrações públicas que tem responsabilidade nisto. Cada um de nós, cidadãos, tem que começar a lição de casa hoje. Mas você não sabe como fazer isto? Vamos te dar algumas dicas. Existem muitas outras que podem ser colocadas em prática.

O importante é, antes de comprar algum produto ou consumi-lo, reflita: existe alguma outra opção que utilize menos ou nenhuma embalagem? Posso reaproveitar esse resíduo? Toda mudança de hábito pode dar trabalho no começo. Mas sem um pouco de esforço, nada irá mudar em nossa relação poluidora com o meio ambiente.

1 – Na cozinha

– Em vez dos temperos prontos (caldos de carne, flavorizantes, etc., que vem embalados), use os naturais (alho, cebola, ervas).
– Vai fazer macarrão? Que tal um molho feito com tomates frescos? Mais saudável e você evita de jogar no lixo um sachê de plástico, latinha ou copo de vidro.
– Troque o bolo ou a bolacha pronta, comprados no mercado, por um bolo ou uma bolachinha feita em casa, ou por frutas. Algumas bolachas prontas chegam a vir dentro de três embalagens!

Leia mais! Quantas garrafas pet não necessárias para se fazer uma camiseta? 

2 – As refeições

– No lanche da escola, não use produtos industrializados. Prefira um sanduíche, frutas, biscoitos e bolo feito em casa (que vão nos potes reutilizáveis), suco de frutas feito em casa ou chás (que vão na garrafinhas reutilizáveis).
– Em vez do refrigerante ou suco de caixa, que tal um suco de fruta feito em casa? Existem muitas que podem virar suco e nem precisam ser adoçadas. Muita saúde na sua mesa e nenhuma embalagem no lixo. E claro, não use canudinhos!
– Em vez de usar papel toalha para limpar a boca, que tal guardanapos de pano? No final da semana, junte com os panos de prato e lave na máquina.

3 – Compras de mercado

– Não use sacolas plásticas. Leve as suas sacolas retornáveis (ecobags).
– Na hora de comprar carnes, evite as bandejas de isopor, principalmente as que são furadinhas e o caldo da carne fica dentro. Este material não tem reaproveitamento. Prefira comprar no açougue, onde elas vêm dentro de sacos plásticos, que podem ser reutilizados no lixo da cozinha.
– Não compre frutas e legumes embalados nas bandejas de isopor, com plástico filme. Prefira pegar a sua ecobag e comprar no sacolão. Ou no mercado, que tal levar pequenos sacos de pano (reutilizáveis), para não usar os plásticos?

Leia mais! Coleta de lixo reciclado é a chave para o futuro do planeta para os paranaenses

4 – No trabalho e na rua

– Ao invés de usar um copo descartável, a cada vez que vai tomar café ou água, use uma caneca. Lavou, tá nova!
– Tenha uma toalha de mão na bolsa ou na sua mesa. Utilize-a quando for lavar as mãos, depois de ir ao banheiro, ou quando for escovar os dentes, ao invés dos papéis descartáveis.
– Evite ao máximo imprimir coisas. Economize papel.
– Quando fizer uma compra a débito ou a crédito, peça para não emitir a segunda via do cartão. A maioria dos bancos disponibiliza as notificações de compras no celular.

5 – Higiene e limpeza

– Vai desinfetar a boca do galão de água? Não use papel toalha com álcool. Coloque o galão em cima da pia, lave a boca com água e sabão e seque com uma toalha ou pano de prato.
– Está grávida? No chá de fraldas, peça aos convidados que tragam em dinheiro o valor que gastariam em um pacote de fraldas descartáveis. Junte tudo e invista em kits de fraldas de pano, que hoje em dia são muito mais modernas e fáceis de higienizar.
– É polêmico, mas tem gente que não usa mais papel higiênico. Utiliza as duchas higiênicas ao lado da privada e seca-se com tolha. Mas fora de casa, não tem jeito. Tem que usar o papel.
– Já ouviu falar em caixa do gato? E em caixa do cachorro? Sim, existem. E o xixi escorre pela grade, vai direto para o ralo e não deixa cheiro.

https://www.tribunapr.com.br/cacadores-de-noticias/curitiba/separe-direito/

Sobre o autor

Giselle Ulbrich

Giselle Ulbrich

Deixe um comentário

avatar

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz
(41) 9683-9504