Publicidade

Butiatuvinha

Asfalto pela metade

Adriana Brum
Escrito por Adriana Brum

No começo deste ano, quando as máquinas começaram a asfaltar a Estrada Ângelo Pianaro, no Butiatuvinha, os moradores da Rua Hellena Bettecek se animaram. Afinal, uma é prolongamento da outra e, talvez finalmente tivesse chegado ao fim a rotina de “comer poeira” vinda do saibro nos dias mais secos ou ter de encarar a lama na via nos dias de chuva.

Mas o trabalho começou e parou na metade, quando chegou ao cruzamento com o viaduto do Contorno Norte, frustrando expectativas. E a poeira segue um problema.

O asfalto cobriu 140 metros e só. É o que estava previsto no projeto desde o início: a Rua Hellenna Bettecek estava na lista de 12 logradouros que seriam renovados em um investimento total de R$ 2,3 milhões, no anúncio feito pela prefeitura em novembro de 2014. A previsão era cobrir o trecho até o viaduto, ao custo total de R$ 275,9 mil.

Por que parou?

Prefeitura promete asfaltar trecho este ano, mas não tem data definida. Foto: Ciciro Back.
Prefeitura promete asfaltar trecho este ano, mas não tem data definida. Foto: Ciciro Back.

Por sua vez, os 650 metros restantes do trecho final da Hellena Bettecek, até a Rua Brasílio Cumann, vão ter de esperar mais. A Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) informa que esse trecho restante será executado este ano, pois consta na Lei Orçamentária Anual (LOA) 2015, mas não há, ainda, um cronograma para as obras.

A aposentada Rosemari dos Santos, 66 anos, mora bem na divisa entre a área reformada e a que segue no saibro e não acredita no que foi feito. “Quando começaram a asfaltar, fiquei animada, eu e outros vizinhos investimos para asfaltar a nossa calçada também, para ficar tudo uma maravilha. Mas ficou pela metade, justamente no trecho que passa o ônibus”, lamenta.

Leia mais sobre Butiatuvinha.

Sobre o autor

Adriana Brum

Adriana Brum

(41) 9683-9504