enkontra.com
Fechar busca

Publicidade

Atuba

Violência e libertinagem

Foto: Lineu Filho.
Tribuna do Paraná
Escrito por Tribuna do Paraná

Um simples passeio pelo bairro virou pesadelo. É assim que moradores do Atuba estão vivendo nos últimos anos por conta de uma onda de violência na região que parece não ter fim. A lista de problemas é grande e vai desde assaltos até prostituição na parte da noite, principalmente na Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes. Os assaltos se tornaram frequentes.

De acordo com dados repassados pela Secretaria da Segurança Pública, do começo do ano até agora foram registrados 76 roubos na região. Entre os casos mais recentes, está o de uma moradora do bairro, de 26 anos. Ela e outras três mulheres foram roubadas quando estavam indo para o trabalho, às 8h da manhã. Elas foram abordadas à mão armada por dois homens e diversos objetos de valor das vítimas foram levados. Somente uma delas fez boletim de ocorrência.

“Eu fui assaltada de manhã e só eu fiz boletim de ocorrência. Eu estava com três outras mulheres que moram no bairro e eles chegaram ao ponto com um revólver. Levaram minha bolsa e aparelhos celulares das outras vizinhas. A sensação é impotência e o medo é constante. A gente sabe que tem perigo na rua, mas de manhã cedo, indo para o trabalho, é ainda mais revoltante”, desabafou.

De acordo com a Sesp, neste ano já foram registrados 76 roubos e 82 casos de furto no bairro. Foto: Lineu Filho

De acordo com a Sesp, neste ano já foram registrados 76 roubos e 82 casos de furto no bairro. Foto: Lineu Filho

Além de roubos há também registro de furtos no bairro e somente nesse ano foram 82 casos registrados. A equipe da Tribuna esteve na região e flagrou movimentos suspeitos entre os travestis que se prostituem na região. Essa é uma das principais queixas de quem vive ou passa pelo bairro. De acordo com muitos moradores, os travestis estariam até mesmo traficando drogas. Os vizinhos afirmam que veículos de luxo param na avenida, ficam cerca de 10 minutos, trocam dinheiro com as prostitutas e deixam o local.

Um jovem morador, que não quis se identificar, conta que o sonho da casa nova acabou virando pesadelo. “O sonho de me mudar acabou se tornando uma decepção. Eu sou morador do bairro há dois anos e não imaginava que seria assim. Todos os dias eu encontro preservativos utilizados na Avenida Mascarenhas, garrafas de bebida quebradas, escuto gritos à noite. Tem muita prostituição por aqui e desconfiamos até mesmo de tráfico de drogas”, disse o morador do bairro, que pediu para não ter o nome divulgado.

E na parte da madrugada, que via de regra deveria ter uma movimentação mais tranquila, os problemas se repetem. Tem gente que relata gritaria e até mesmo violência física entre as pessoas que ficam na região para se prostituir ou usar drogas.

Polícia diz estar presente

De acordo com a Polícia Militar, o patrulhamento é feito com frequencia na região do bairro Atuba. A intenção é evitar assaltos e outros crimes. O 20.º Batalhão de Polícia Militar, responsável pelo policiamento na área, alega que tem feito rondas preventivas e ostensivas. Eles ainda informaram que recentemente a unidade recebeu novas viaturas que estão sendo aplicadas no patrulhamento ostensivo.

Mas não é isso que moradores ouvidos pela Tribuna do Paraná têm percebido, além disso, alguns casos de homicídio e troca de tiros foram noticiados recentemente. Segundo os relatos ouvidos pela reportagem, o patrulhamento não costuma ser tão frequente como afirma a corporação e a situação está cada vez pior. “Eu não vejo a polícia na rua com frequencia. O bairro tá muito perigoso e esses dias até mesmo um trabalhador da região teve o carro roubado. Eu fico indignado com essa situação. Até quando?”,comentou outro morador.

Além do patrulhamento a PM diz que a Operação Sinergia, em andamento desde agosto deste ano, é feita em toda a Capital e também no Atuba. A intenção é reforçar a presença da corporação para evitar os crimes.

Casos recentes

Há pouco mais de 20 dias, rapaz foi morto a tiros dentro do carro em uma das ruas do bairro. Foto: Gerson Klaina

Há pouco mais de 20 dias, rapaz foi morto a tiros dentro do carro em uma das ruas do bairro. Foto: Gerson Klaina

Dois casos, noticiados pela Tribuna do Paraná, ocorreram próximos à região da Avenida Mascarenhas de Moraes recentemente. No último dia 24 se setembro, uma manhã de domingo, um homem de 24 anos, identificado como Jonathan Alves Batista, foi encontrado morto em um Golf. Na ocasião, o veículo, que era ocupado por 4 passageiros – 3 adultos, e uma criança – foi alvejado enquanto estava parado em um semáforo algumas quadras antes, logo no início da avenida.

Já no último dia 11, três assaltantes foram baleados e um quarto integrante de uma quadrilha acabou detido pela Polícia Militar, após uma troca de tiros em um estabelecimento na Rua Macapá, também próxima da região da Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes. O grupo chegou ao local para cometer um assalto, mas um policial que estava no interior do restaurante agiu no momento oportuno e abriu fogo contra os marginais.

Sobre o autor

Tribuna do Paraná

Tribuna do Paraná

Buscamos os mais variados tipos de histórias na Grande Curitiba e litoral: curiosas, engraçadas, problemáticas, exemplos de vida... E-mail: cacadores@tribunadoparana.com.br

Deixe um comentário

avatar

69 Comentários em "Violência e libertinagem"


Thiago
Thiago
1 ano 9 meses atrás

Alguém do prédio que vendo drogas e querem travestis reportagem mau feira!

Thiago
Thiago
1 ano 9 meses atrás

Alguém do prédio que vendo drogas e querem culpa os travestis

Thiago
Thiago
1 ano 9 meses atrás

Reportagem mentirarosa passou todo dia lá a pé e nunca vi nada de suspeito,elas até dizem oi e nunca mexem com os pedestres

Thiago
Thiago
1 ano 9 meses atrás

Povo brasileiro é hipnótica mesmo enquanto tem gente passando fome,vão se preocupar com travesti pela mor de Deus

ulysses freire da paz jr
ulysses freire da paz jr
1 ano 9 meses atrás

o escarnio venceu o cinismo https://www.youtube.com/watch?v=yf8c89nxBlo

robe
robe
1 ano 9 meses atrás

Filma os carros de luxo com placas e se possível com condutor e divulga “discretamente” repito “discretamente” nas redes sociais. Se a pessoa está em local público se expondo publicamente, além de estar fazendo algo ilegal, não pode alegar nada! Este pessoal vai sumir rapidinho…As pessoas não podem é se deixar intimidar, porque tudo tem solução!

Thiago
Thiago
1 ano 9 meses atrás

Nem carro você tem por isso fala

Thiago
Thiago
1 ano 9 meses atrás

Viado

EL PODEROSO TORNADO!
EL PODEROSO TORNADO!
1 ano 9 meses atrás
E o que vai se ganhar com isto, expondo os clientes das prostitutas e travestis? Não é ilegal pagar por sexo no Brasil, o que é ilegal no Brasil é agenciar mulheres para a prostituição, isto sim é ilegal. Qualquer mulher ou homem que deseja se prostituir tem livre direito no Brasil, tanto que tenha acima de 18 anos. O problema da prostituição a céu aberto, aí sim deveria ser ilegal, é que ela traz violência, drogas, desvalorização dos imóveis naquela região, tira o sossego dos moradores, enfim, não adianta proibir a prostituição, ela sempre existiu e sempre existirá, inclusive… Leia mais »
Jose Amianto
Jose Amianto
1 ano 9 meses atrás

HMMM CLIENTE ENTÃO….

Fox
Fox
1 ano 9 meses atrás

Engraçado que na Visconde Guarapuava, Rua São Francisco, Visc. do Rio Branco, Passeio Público a prostituição é ao ar livre em plena luz do dia e ninguém fala nada, agora porque é no caminho dos magnatas do Alphaville isso é um absurdo. Ah me poupe dessa hipocrisia…

Thiago
Thiago
1 ano 9 meses atrás

Vdd

ulysses freire da paz jr
ulysses freire da paz jr
1 ano 9 meses atrás

até alguns anos atrás FAZER O BEM significava combater o mal… mas, hoje em dia – Há algo muito diabólico embutido no CLICHÊ da INTOLERÂNCIA – se tens filhos, e queres o bem das crianças e dos jovens, confira então, em 02:45 até 11:45 ou até o fim https://www.youtube.com/watch?v=rO9yEVTYMDA o que está acontecendo com a EDUCAÇÃO neste país

ulysses freire da paz jr
ulysses freire da paz jr
1 ano 9 meses atrás


lixo é lixo, em qualquer lugar

Thiago
Thiago
1 ano 9 meses atrás

Lixo por Lixo é você

Barreto
Barreto
1 ano 9 meses atrás

E a avenida Getúlio Vargas??? Aonde fica o quartel general da PM. Cheio de gente se prostituindo e traficando e ninguém faz nada.

EL PODEROSO TORNADO!
EL PODEROSO TORNADO!
1 ano 9 meses atrás

Prostituição no Brasil não é ilegal, não é crime, mas tráfico de drogas é!

Rafael Gomes
Rafael Gomes
1 ano 9 meses atrás

Falta um investimento por parte da Prefeitura, o lugar não possui uma boa iluminação e uma segurança permanente no bairro. Diga-se de passagem esse mundo de prostituição e drogas, tem muita participação das autoridades na surdina, que recebem uma espécie de ‘mensalinho” para fazer vistas grossas!

Mário
Mário
1 ano 9 meses atrás

FAVOrece tbm . Mais mais que não seja de led para não furtarem

wpDiscuz
(41) 9683-9504