Rubro-Negro derrotou o Fórmula Um e levantou o caneco do campeonato amador dos Sessentinha

O Flamengo sagrou-se tetracampeão Sessentinha ao vencer o time do Fórmula Um na decisão, após três jogos bem disputados. O Rubro-Negro já havia vencido os campeonatos de 2012, 13, 14 e 19.

O jogo decisivo

Mesmo jogando fora de casa, o Fórmula Um teve domínio inicial, criando várias chances de gol. Numa cobrança de falta Elizeu acertou a trave e Mozart conseguiu encobrir o goleiro Amauri, mas a bola caprichosamente não entrou na meta adversária. O Flamengo soube aproveitar a primeira oportunidade conseguindo abrir o placar com Santinho, aos 25 minutos.

No 2º tempo, o Fórmula Um voltou modificado com a entradas de Sérgio Zaia, Edi e Almir Luza. O segundo gol, apesar da pressão do time adversário, colocou o Flamengo praticamente com a Taça nas mãos. Foi só tocar a bola e aguardar o apito final do árbitro.

A competição teve como artilheiro jogador Almir e como destaque o goleiro Mancha, ambos do time campeão. Também se destacou o volante Álvaro do Flamengo.

Técnico vitorioso

Mauri, técnico do campeão, comandou a equipe em 27 jogos, obtendo 23 vitórias, dois empates e duas derrotas.

Ficha técnica:
Flamengo 2×0 Fórmula Um
Gols:
Santinho, 25 do 1º; Gabardo, 42 do 2º.
Flamengo: Amauri (Bill), Mário (Hélio), Breda, Penelas, Álvaro (Selmar), Casão (Valmir) (Emerson), Neri, Oliveira (Severino) Santinho (Lara), Gabardo (Germano) (Nerci). Técnico: Mauri.
Fórmula Um: Mancha, Juarez (Edi), Luizão (Ligeirinho), Renato, Paulinho (Claudinho), Fito (Zaia), Nego, Zeca (Mozart), (Milton),Elizeu e Dorvalino (Almir). Técnico: Ribamar.

(Com cobertura de Thiago Lucca)