Muitos vivem só no futuro. Na ansiedade de novos projetos, na esperança de alcançar objetivos. E você amigo, vive no passado, no presente ou no futuro?

É, porque temos aquelas pessoas que não conseguem esquecer as lembranças de um passado glorioso e outros que vivem intensamente a realidade do presente, como se não houvesse amanhã.

O poeta Fernando Pessoa disse: vivo no presente. O passado é a realidade de nada, pois já não o tenho, e o futuro é a possibilidade de tudo, mas ainda não o tenho.

Na verdade, a realização e a felicidade estão na sabedoria de equilibrar passado, presente e futuro nas nossas vidas.

Aqueles que vivem só no passado, porque foi um tempo melhor, condenam o porvir sem conhecê-lo. Já aqueles que vivem só nos sonhos e miragens do futuro, esquecem de viver o presente. E os que vivem só no presente, sem pensar no passado e no futuro, provavelmente não aprenderam muito com as lições da vida, nem terão um futuro melhor, já que ele nem está projetado em suas mentes.

Previdência é a arte do equilíbrio do tempo.

De pensar no futuro, em como estruturá-lo financeiramente melhor. Mas também de pensar no presente, na importância de ter renda e disciplina financeira para vivê-lo intensamente.

E de pensar no passado. De como faz falta hoje não termos separado um pouquinho ontem para garantir um amanhã melhor.