Portinha ‘secreta’ no Centro de Curitiba ganha fama de melhor Prato Feito da região

Foto: Átila Alberti / Tribuna do Paraná.

Quem trabalha o dia todo fora de casa e precisa de uma comidinha caseira, bem temperadinha e com um preço legal, um achado pode salvar a semana. Ali na Rua da Paz, ao lado do Mercado Municipal, no Centro de Curitiba, um restaurante simples oferece um Prato Feito bem temperadinho e no precinho. A fama da boa comida rendeu a eles a indicação de Melhor Prato Feito Barateza de Curitiba, do Prêmio Bom Gourmet 2024. Agora eles estão entre os cinco finalistas da categoria.

“A nossa ideia era fazer uma comida caseira assim, do dia a dia, com preço legal. Uma comida bem feita”, conta a proprietária Carolina Vieira, de 35 anos. Ela e o esposo resolveram empreender há mais ou menos seis anos. Ele na cozinha, ela no atendimento e caixa.

A Carol trabalhava como professora de artes visuais, é formada em pedagogia. O marido, Alexandre de Melo Martta Silva, de 46 anos, trabalhava em outra área quando resolveu fazer o curso de chef de cozinha. Trabalhou em alguns restaurantes e quis empreender com comida caseira. “A ideia é dele, mas fomos juntos. Eu disse que cozinhar não, mas o resto eu ia ajudar. Então faz seis anos que trabalhamos juntos e tem dado certo”, conta Carol.

Carol e Alexandre. Foto: Átila Alberti / Tribuna do Paraná.

Numa portinha ali perto do Mercado Municipal, a Cumbuca do Chef tem sido uma ótima opção para quem precisa almoçar fora e quer uma proposta de comidinha mais simples, sem perder o sabor, com um preço mais acessível.

O pequeno restaurante oferece algumas poucas mesas, mas o forte mesmo está no delivery de marmitas durante a semana. As entregas fortaleceram mais ainda durante o período da pandemia e hoje a casa oferece entregas via iFood e Rapi.

O Rango Barateza foi conhecer o restaurante e logo percebeu a proposta: o trivial arroz e feijão é o sucesso, ideia que deu certo. O menu da casa é fixo, com pratos executivos que mudam a proteína: entre frango (R$ 20), bife com ou sem cebola (R$ 21), filé de peixe (R$ 28), alcatra (R$ 29), calabresa com cebola (R$ 21). Há também a opção de PF com dois ovos (R$ 18). O que muda mesmo durante os dias é o acompanhamento, que pode ser um legumes grelhado, uma batata frita, um macarrãozinho.

Escolhi o clássico bife acebolado, que define bem a qualidade do restaurante. O bife estava bem macio, suculento, temperado com alho e sal, com a cebola refogadinha no suco da carne. Arroz e feijão preto também temperadinho na maneira certa, junto de uma farofinha de milho da casa. O prato também veio com saladinha de alface, tomate e cenoura e uma maionese da casa bem feitinha. Quantidade boa e preço super bom.

Há também as opções do prato do dia, que não segue uma regra. O prato queridinho da casa, depois do clássico PF, é a feijoada – servida na quarta-feira e aos sábados. Quem vai até o restaurante pode aproveitar o suco cortesia da casa.

Experimentei também a feijoada (R$ 22) e posso dizer que a estrela da casa sem dúvidas é a banana à milanesa. Ela vem com uma cobertura bem crocante, feita no panko, e é finalizada com açúcar e canela. Mesmo adocicada, vem junto do prato com arroz, couve refogada, vinagrete, farofinha. A cumbuca da feijoada é servida à parte, e vem bem generosa com bastante carne.

“A feijoada é fixa. Muita gente vem almoçar aqui por causa da feijoada. Num almoço de família, temos combos que servem até quatro pessoas. A gente consegue ainda ter um preço legal e é gostosa. Então ela é um dos nossos pratos principais, sempre preparada um dia antes”, explica Carol.

O Cumbuca do Chef serve outros clássicos durante o mês, sem data fixa: galinhada, estrogonofe de frango, sobrecoxa assada na cerveja. O parmegiana também é bem disputado. Isso porque diferente de vários lugares por aí, o molho de tomate é feito de forma artesanal, o que faz toda a diferença. Para acompanhar, macarrãozinho na manteiga. Simples e saboroso.

Finalistas do Melhor Prato Feito de Curitiba

A categoria nova do Prêmio Bom Gourmet Prato Feito Barateza, em parceria com o blog da Tribuna do Paraná, trouxe uma nova proposta, de abraçar restaurantes mais acessíveis. “Isso é super legal, assim todas as pessoas conseguem ter acesso e provar. Os restaurantes mais caros, às vezes nem todo mundo tem a oportunidade de conhecer. Agora esse ano, essa categoria eu achei super interessante. Foi muito bom”, comemora a empreendedora.

O Cumbuca do Chef viu na categoria uma oportunidade de tornar o restaurante mais conhecido. “A gente fez campanha, mandamos para os nossos clientes, em cada marmita um recadinho com QR Code para votarem na gente. Aí a maioria dos nossos votos vieram dali. A gente posta uma coisa ou outra nas redes sociais, porque é muito corrido. Não temos funcionário para isso. Como somos pequenos, nosso trabalho é corrido e não dá tempo de investir na rede social. Agora, estarmos como finalistas foi uma surpresa! Não que achamos que nosso trabalho não seja reconhecido, mas é que somos tão pequenos. E foi super legal, a gente ficou muito feliz, muito mesmo. São seis anos de muito trabalho, de correria, todas essas emoções”, confessa.

Amor pela cozinha, receitas e empolgação

Quem trabalha no ramo de alimentação, seja administrando ou mesmo cozinhando, precisa amar o que faz. E quando a comida é preparada com carinho, não tem como ser diferente, fica evidente no sabor. Alexandre, o chef do restaurante, ama cozinhar, experimentar, estudar receitas e fazer novas versões. “É legal ver a empolgação dele, ele olha as receitas e quem sempre criar”, conta a esposa.

A ideia do casal é manter sempre o restaurante de portas abertas. Trabalhar para que seja cada vez mais conhecido. “Quero continuar aqui, para que as pessoas conheçam mais, gostem mais. Aqui é pequeno, é para um público menor mesmo, mas meu desejo é que aqui cresça. Que as pessoas venham nos visitar pelo sabor e não só pelo preço”.

*Os valores do cardápio divulgados no post são de julho de 2024 e podem sofrer alterações.

Foto: Átila Alberti / Tribuna do Paraná.

Vai uma Cumbuca do Chef? Conheça e vote!

O restaurante Cumbuca do Chef fica na Rua da Paz, 665 – Centro. Abre de segunda a sexta, das 11h às 14h30. Aos sábados, das 11h às 15h. Fecha aos domingos. Entregas pelos apps Rapi e iFood.

O Cumbuca do Chef é finalista do Prêmio Bom Gourmet na categoria Prato Feito by Rango Barateza. Para votar, basta entrar no site.

CONFIRA O MENU COMPLETO DO RANGO BARATEZA:

Sanduíches;
Sopas;
Pizzas;
Massas;
Doces e sobremesas;
Salgados;
Pratos feitos;
Carnes;
Petiscos;
Buffet.

Tem dicas de Rango Barateza? Manda aí!

Quer sugerir lugares com Rango Barateza para o blog? Então escreve para eloas@tribunadoparana.com.br. Aceitamos dicas por Curitiba, manda aí!