BRASIL > www.parana-online.com.br/colunistas/330/82819     

    

Retornando ao Estado do Rio de Janeiro ( a capital já foi tema de publicação anterior ), outras praias são ainda mais lindas que a capital como por exemplo a região de Búzios, Cabo Frio e Arraial do Cabo, esta última considerada como a Capital Brasileira do Mergulho com praias de águas verdes transparentes. Não precisa descrever mais nada. Tem até praias proibidas para o público em geral e preservadas pela Marinha do Brasil. Não deixe de fazer um passeio de barco se passar por lá … pois essas belezas não estão à vista no centrinho da cidade.  Em Angra dos Reis os milionários podem falar melhor do que eu sobre o que é viver sobre as águas em lanchas e iates exuberantes nas várias ilhas que fazem deste lugar uma das maiores belezas naturais do Brasil. Conheci a Ilha da Gipóia que é sem dúvida muito bonita já que a melhor maneira de conhecer Angra é pelo mar, ou ainda pelo ar … $ ! É um roteiro que gostaria de fazer de novo e conhecer outras ilhas locais, isso se a Mãe natureza deixar, pois no reveillon de 2009/2010 aconteceu uma das maiores tragédias brasileiras com o desmoronamento de terra pelas chuvas, uma tristeza que será recuperada com o passar do tempo, exceto a perda das vítimas. E no início deste ano de 2011 a região Serrana de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo também sofreu a maior tragédia climática da história do Brasil até então e segundo a ONU ficou entre as 10 tragédias climáticas mais graves nos últimos cem anos no mundo; uma chuva avassaladora com enchentes e desmoronamentos, um verdadeiro tsunami … matando pessoas, fazendo moradores e turistas ficarem isolados no meio de lama e entulhos, causando muito sofrimento em meio às férias e muito próximo às festas de fim de ano outra vez ! Assim como em outros estados como São Paulo, Minas Gerais e até em outros lugares no mundo como no Sri Lanka e na Austrália ! Será que a Natureza está mesmo se vingando do homem ? O que podemos esperar no futuro ?                 

     A primeira praia ao sul do litoral fluminense é Parati ( Paraty na escrita antiga ). Uma certa viagem no tempo em busca de inspiração, nesta cidade histórica ao presenciar casarões coloniais e ruas de pedras rústicas com bares bem interessantes à noite, praias selvagens e ilhas bonitas que só se chegam de barco ou scunas e muitas cachoeiras por passeios pitorescos que leva para alguns alambiques com degustação de pingas saborosas com parada em fazendas para um almoço caseiro muito delicioso. Da mesma forma que em Arraial do Cabo, as belezas do mar estão em praias mais afastadas, necessário pegar uma embarcação, mas vale o empenho, principalmente se quiser fazer um mergulho de cilindro.  

E por lembrar cachoeiras, a região de Penedo na Serra de Itatiaia é uma boa opção para quem passar pela região da AMAN ( ACADEMIA MILITAR DAS AGULHAS NEGRAS ) que é onde fiquei ” hospedado ” por aproximadamente 6 meses como Cadete do exército em 1990, saindo por opção pessoal. Vale a entrada na Academia para uma visita rápida, é  muito linda … já a vida de cadete …  

            &nbsp,;           www.rio-turismo.com                     

    

     O segundo lugar que vem à mente quando pensasse em Brasil, após o Rio de Janeiro, para os estrangeiros é a Floresta Amazônica-AM, também uma das Sete Maravilhas da Natureza. O Brasil é o único país que possui duas das 7 Maravilhas da Natureza ( Amazônia e Cataratas do Iguaçu ). São os símbolos brasileiros. A Amazônia é um dos lugares mais procurados e visitados por estrangeiros e muitos pensam que o Brasil é apenas o Rio de Janeiro e a Amazônia, ou seja, uma ou poucas cidades e uma enorme floresta. É como algumas pessoas ainda pensam com relação a África, muitos acham que é só floresta, coisa de centenas de anos atrás … pura ignorância !  Apesar da Amazônia possuir a maior parte da sua área no Brasil, ainda pertence à Bolívia, Colômbia, Equador, Peru, Venezuela, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. É bem divulgada onde esses estrangeiros e até artistas internacionais vem para conhecê-la e é cobiçada por outros países no sentido geográfico e político mundial, mas não é um roteiro assim tão desejado nem mesmo tão atraente para muita gente, por causa da distância, falta de certos atrativos turísticos padrões ( apesar da natureza exuberante indiscutível ) e ainda algumas dificuldades e/ou medos como por exemplo da malária entre outras doenças e perigos locais, reconhecendo a biodiversidade e ecossistema talvez incomparável, enriquecido de lendas e folclore culturais.  Passar por lá é presenciar a natureza, a fauna e a flora brasileira em exuberância, afinal é o ” pulmão do mundo “, um prato cheio para qualquer biólogo e neste ponto de ” selva e mato “, podemos destacar centenas de lugares brasileiros por todos os estados, muitos pouco conhecidos. Para quem gosta deste estilo de roteiro, com trilhas e cachoeiras, o Brasil é um ” paraíso “ neste aspecto. Se pretende visitar a região, tem duas opções de hospedagens, além dos valores para todos os bolsos : a primeira é hospedar-se em uma das principais cidades: Belém-PA ou Manaus-AM, fazendo passeios para as reservas próximas. A segunda opção é procurar um Hotel-Selva ( Jungle-Hotel ) para realmente se sentir um Tarzan, assim como já fizeram Bill Gates e Harrison Ford, por exemplo.

www.brasil-turismo.com/amazonas.htm 

    

     Belo Horizonte é lugar para solteiro, senão a casa cai ! Que mulherada bonita e simpática, mas com um sotaque que pode chegar a incomodar para quem não está acostumado … aliás todos nós do Brasil temos sotaque e essa diferença também nos faz viajar. ” BH “ é como Curitiba, ” Não tem mar … mas tem bar ” … e como tem !! É um atrás do outro, opção não falta mesmo neste quesito. Turismo mesmo em Minas é para quem gosta de igrejas, monumentos nacionais antigos ou serras, sendo o que mais se procura no Brasil são praias, claro, com mais de 8.000 km …  

Bem ao sul do estado de Minas Gerais existe a escondida e bucólica Monte Verde ( pertencente ao município de Camanducaia ), sendo até conhecida igual Campos do Jordão-SP como a ” Suíça Brasileira “, cercada pela Serra da Mantiqueira que é Áre,a de Proteção Ambiental Fernão Dias ou que pelo menos deveria ser, pois apesar da serra ser bonita, no alto das montanhas da para se ver o desmatamento que por lá ocorre … só o governo e autoridades é que não vêem ou percebem este pecado ambiental ( ou crime ).   É um lugar tipicamente europeu, agradável, aconchegante e romântico com a hospitalidade mineira e lojinhas bem estruturadas e bacanas. A degustação é inevitável ao passear pela rua principal do centrinho, aliás a única decente, se é que podemos dizer isso ( uma rua de pedras irregulares ), pois de suíço mesmo na região são as ruas que parecem um ” grande queijo suíço ” devido a tantos buracos, tudo haver com Minas = queijo. A estrada para se chegar então é um verdadeiro pesadelo ( 2010 ), principalmente se tentar ir da região de São José dos Campos-SP cortando por dentro em direção a Monteiro Lobato e São Francisco Xavier … um mergulho no meio da pior estrada de terra que já peguei na minha vida ! Parece aquelas estradas feitas no facão tipo ” picada ” num verdadeiro poeirão que não condiz nada com o apelido advindo da Suíça. Melhor dar a volta e ir pela rodovia principal retornando sentido Aparecida, evite cortar caminho a não ser que esteja de 4 x 4, senão vai acabar com a suspensão do seu carro, igual a mim. Mesmo assim, Monte Verde em julho é lotada.  Sinceramente não entendo como, nem celular pega direito … se quiser atolar seu carro de pó é uma opção. Seria então essa a ” Suíça Mineira ? “. As autoridades locais deveriam é investir em asfalto e pavimentar aquele caos. Aí sim ficaria bom e digno de se ter um apelido destes. Querem comparar com Campos do Jordão-SP … chamemos de ” Suíça Paulista “. De qualquer forma, possui lojas e uma decoração arquitetônica bonita bem ao estilo de Jordão-SP.  Distantes aproximadamente 125 km, se for visitar uma e tiver espírito de aventura ( e coragem ), tente visitar a outra para escolher a sua ” Suíça preferida do Brasil “. O descritivo e minha experiência na ” Suíça Paulista ” ( Campos do Jordão ) já foi publicada na edição anterior sobre o estado de São Paulo. 

     Ainda no estado mineiro estão os pontos históricos do país como Ouro Preto, com sua arquitetura colonial famosa, é um marco na ocupação do interior no movimento da Inconfidência. Foi a primeira cidade brasileira a ser Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Precisa apenas de mais cuidados contra a ação do tempo. Vale a passagem.

www.brasil-turismo.com/minas-gerais/estado.htm  

           

     Voltando ao ponto de falta de mar e excesso de mulher bonita, vamos para Estado de Goiás destacar Caldas Novas-GO onde no Rio Quente Resort, uma retiro em águas quentes que já quase emplaquei por duas vezes, deve ser um lugar bem agradável, porém nada barato, muito parecido com Termas de Jurema-PRGoiânia-GO e nossa capital Brasília-DF, é para ninguém botar defeito a quantidade de mulher que se tem nesses lugares. Brasília é uma cidade ” perdida ” no meio do planalto central, já estive lá várias vezes a trabalho onde é difícil praticar exercícios para quem não está acostumado … o ar é mais seco, principalmente no meio do ano e é necessário uma certa adaptação até para alguns atletas. Muitas pessoas vive,m lá apenas pelo trabalho, principalmente gente da política, claro. O projeto piloto é realmente muito bonito, fora dali a cidade não tem nada, sem carro lá você está ” literalmente morto ” e isolado, é tudo muito longe e transporte coletivo praticamente não existe, um verdadeiro desatre nacional. Sinceramente não entendo como foram fazer a capital brasileira tão longe, no meio do país … coisa de interesse político mesmo. Morar por lá é ver o mar somente por revistas … ou, no mínimo, viajar muito até o litoral mais próximo. Os grandes centros continuam sendo no sudeste, principalmente se for voar para o exterior. Não se entra nem se saí no Brasil por Brasília, talvez um vôo ou outro … ou seja, para uma capital, é uma cidade ainda um tanto precária e distante de certas necessidades.   Goiânia é o mundo sertanejo, como gostam disso por lá, quem não é afim … melhor desviar o caminho peão. O negócio é festa, rodeio e mulher mesmo.

www.brasil-turismo.com/goias.htm  / www.brasil-turismo.com/distrito-federal/df.htm

    

     Além da maior planície alagada do planeta; o Pantanal, famoso internacionalmente, citado entre as Maravilhas da Natureza e já conhecido até em novela do mesmo nome … ainda tem mais no Estado do Mato Grosso, um lugar definitivamente quente, prepare-se ! Se gosta de aventura no interior fugindo do litoral, outra opção próxima à Cuiabá é Nobres, onde tem os mesmos estilos de passeios de Bonito-MS ( já relatado em publicação específica ), inclusive também uma gruta com um lago que dizem ser também bem azul, esta nunca fui …e a Chapada dos Guimarães no centro da América do Sul, um ponto eqüidistantes entre o Atlântico e o Pacífico com aqueles visuais longínquos de serras, florestas e montanhas para se admirar e adorar, outro show da natureza brasileira.

www.brasil-turismo.com/mato-grosso.htm      

    

O Estado do Espírito Santo é peculiar e de certa forma escondido entre o glamour do Rio e a festa da Bahia, um tanto ignorado pelos turistas. A capital Vitória-ES tem praias boas ( a principal é Camburi ), porém com certo perigo devido a certa bandidagem que lá também se instalou, apesar de também já ter sido citada pela ONU como a 4ª melhor cidade brasileira para se viver … Perigo na verdade tem em todos os lugares e capitais, até na minha cidade, Curitiba, é só tomar cuidado e não dar mole. Infelizmente, no Brasil sempre é preciso ficar atento, descrevo a realidade como é, sem esconder nada do leitor. Acho que tudo tem de ser exposto e deixar a escolha por conta de cada um. Vitória-ES lembra de certa forma Florianópolis/SC com uma culinária muito boa, a moqueca capixaba é maravilhosa ! Não deixe de provar.           

Guarapari-ES também é interessante, mas nada assim tão fora do comum, algumas praias são muito boas e é conhecida como Cidade Saúde devido as propriedades terapêuticas das areias radioativas como a de Areia Preta que eu adorei. É a praia e o destino de férias dos mineiros. Se passar de carro, vale a parada. É um estado que deve ser explorado além do mar, pois sua serra tem seus segredos escond,idos …  Mais ao norte uma parada em Guriri-ES para conhecer o Projeto TAMAR e ter uma aula sobre as tartarugas marinhas, é muito legal. Lembro que foi o único lugar que provei a fruta Jambo ( 2001 ), nunca mais achei em lugar nenhum … preciso voltar …

www.es.gov.br/site/turismo

              www.brasil-turismo.com/espirito-santo/estado.htm             

     

     A grande curiosidade do Estado do Pará está na Ilha de Marajó que possui uma vigorosa natureza e culinária peculiar, inclusive um dos pratos principais que é exatamente o que chama mais  atenção : Búfalos ! É a maior concentração de búfalos no mundo ! Até a Polícia Militar Montada local anda sobre eles e não em cavalos, como em todos os lugares em que há este tipo de polícia ou fiscalização … uma coisa nada comum dominar um animal de meia tonelada que chegam a ser mansos, pois tem gente que tem eles como animal de estimação. Até existe uma luta local chamada ” marajoara ” que é baseada nos golpes das lutas dos búfalos entrelaçando os chifres … na realidade é uma espécie de luta greco-romana. Um lugar longínquo para a maioria dos brasileiros, mas que vale uma visita. 

     Este estado está em processo de dividir-se, criando ainda os estados de Tapajós e Carajás, entre outras futuras possíveis mudanças políticas e administrativas, aumentando a quantidade dos estados brasileiros.

www.brasil-turismo.com/para.htm    

No Estado do Rio Grande do Sul, infelizmente, como no Paraná, não há muito o que destacar no litoral. As águas dos mares são de uma cor cinza e nada atraentes. Torres é primeira ao norte do estado e a melhorzinha, aponta as falésias que dão o nome à cidade, são bonitas.  Em 2002 era possível ver alguns jacarés num cercado que ficava no parque da Praia da Guarita, bem próximo à praia. As outras praias são um desastre, desculpem-me os gaúchos e principalmente as gaúchas que são um verdadeiro atrativo na região, muita mulher bonita também por lá, principalmente na capital Porto Alegre, Bah tchê !!  Mas com certeza os passeios mais interessantes estão na região da Serra Gaúcha, chegando nas cidades acolhedoras de  Gramado, Canela e Bento Gonçalves, o destino romântico no inverno do sul do Brasil e bem acompanhado de preferência.

     Gramado tem o Festival de Cinema no inverno onde a cidade fica cheia dos artistas nacionais e daqueles que gostam de fazer a tietagem. Para mim é muito melhor fora de época. Possui a Avenida das Hortências, o Museu do Chocolate e desde 1997 o museu Hollywood Dream Cars que deixam os apaixonados por carros literalmente babando com vários exemplares dos anos dourados da indústria automobilística americana … se estiver com crianças ( ou quiser voltar a se sentir criança ) a dica é a cidade miniatura, a Aldeia do Papai Noel e o Mini Mundo … portanto opção não falta para se esquentar.  Canela já é grudadinha, bem ao lado e possui também seus atrat,ivos como o Alpen Park com sua pista de 600 metros para se descer de trenó em trilhos, mas o maior atrativo é o Parque do Caracol que tem a Cascata ou Cachoeira do Caracol com 131 metros de altura, não deixe de ver ! Em 2010 Canela sofreu com a fúria dos ventos e chuvas, chegando a ser considerado um tornado que prejudicou muito o turismo na época, mas como é uma cidadezinha muito querida e conhecida, ergue-se com calma e tempo para voltar a brilhar no cenário nacional. Bento Gonçalves é mais para os adultos, degustação de vinhos, spa e curtir o romance da serra … um convite ao fondue e essas cidades, além de aconchegantes, são seguras em comparação às grandes capitais. Necessário muita atenção nos dias de neblina forte que podem deixar a visibilidade abaixo dos 10 metros !            

     É um povo muito orgulhoso de suas raízes e tradições ( talvez os mais fanáticos ) chegando ao ponto de existir um movimento chamado de ” O sul é meu país “ que visa a separação dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul em um país independente do resto do Brasil. Tem até bandeira ! Não sei até que ponto isto foi ou se está atuante ou ainda se realmente terá efeito ou se ainda permanecerá … Mas uma coisa é certa : O sul brasileiro é mesmo diferente do resto do enorme Brasil … ou será que é o resto do enorme Brasil que é diferente do sul brasileiro ?

www.brasil-turismo.com/rio-grande-sul/estado.htm 

Marcelo Costa Kasprzak  

www.omundoseuviaje.blogspot.com

omundoseuviaje@hotmail.com

PRÓXIMA PUBLICAÇÃO  17/12/2011 >  As Maravilhas do Mundo

PUBLICAÇÕES ANTERIORES ABAIXO