Meu segundo cruzeiro caribenho foi no Caribe Sul, novamente pela empresa Royal Caribbean, pois escolho meus cruzeiros primeiramente pelo destino, depois o melhor preço e por último a companhia. Minha única regra absoluta é nunca repetir o mesmo navio. Repetir o navio não tem sentido, as opções são muitas. Dessa vez foi o Vision of the Seas.

     O embarque foi na cidade de Santo Domingo. É a Ilha Hispaniola que se divide com o Haiti por uma grande montanha, portanto é a mesma porção de terra, só que do outro lado. Infelizmente esta separação foi feita na base de guerras e sangue. É um país que também tem de ficar alerta aos terremotos.

A REPÚBLICA DOMINICANA foi descoberta por Cristóvão Colombo o qual declarou em 1942 ser ” a mais bela terra que os olhos humanos jamais puderam contemplar “. Àquela época de descobrimentos deve ter sido um deslumbramento mesmo. Alguns lugares como Punta Cana e a Ilha Catalina ( por exemplo ) são muito bonitos com  a verdadeira cor do mar caribenho recheada de coqueiros e Resorts maravilhosos nos dias atuais, um lugar muito procurado para casamentos, porém bem mais afastados da capital Santo Domingo que deixa muito a desejar com lugares até sujos como o próprio porto de Cruzeiros, onde foi possível avistar lixo nas águas, que decepção ! Mesmo assim foi declarada PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE pela UNESCO e é a cidade mais antiga do novo mundo. Possui um centro histórico com a primeira igreja do continente americano, a Catedral Primada da América ou Santa Maria La Menor no Parque ou Praça Cólon com uma Estátua de Cristóvão Colombo apontando para o Norte e tem até um Pantheon ou Panteón que contém os restos mortais de personalidades locais, parecendo uma prisão medieval. Para ficar um pouco romântico se estiver em casal, tem passeio de charrete pelo centrinho à disposição e à vontade do cliente, como em outras tantas cidades pelo mundo. As mulheres adoram !  Para quem gosta de fumar charutos é o lugar certo, assim como em Cuba, pois há quem diga que os charutos da República Dominicana são melhores que os famosos cubanos por serem mais suaves. Fique atento para levar para casa, pois existe um limite de unidades por pessoa, pelo que ouvi falar são 50, pois não sou adepto ao tabaco. Na real é um país pobre e para quem quer ter um turismo caribenho de expressão é necessário um maior investimento por lá, já que uma simples ida às praias públicas pode ser um tanto perigoso em feriados lotados de aproveitadores, exceção dos grandes Resorts que são privativos. Cuidado nunca é demais. Informação obtida de um taxista.www.godominicanrepublic.com / www.hispaniola.com

                                   

     A segunda parada do navio Vision of the Seas foi em Philipsburg, capital holandesa da Ilha de São Martinho ou São Martim, ST MAARTEN ou Sint Maarten ou ainda ST MARTIN ( Saint Martin do lado Francês onde a capital é Marigot ), o menor território do mundo dividido entre duas nações, uma ilha d,uas em uma que praticamente se misturam no ritmo colorido caribenho.  Pertence ao conjunto das Antilhas Holandesas ( HOLANDA ). A praia mais famosa é Maho Beach onde a pista do Aeroporto Princesa Juliana ( nome em homenagem à Princesa Holandesa ou dos Países Baixos ) acaba ( ou inicia ) quase na areia da praia e é possível avistar bem de perto os aviões e Boings 747 aterrissando com a sensação que eles vão cair em cima de você. É considerada uma das pistas mais difíceis de se aterrissar, pois não serão somente os passageiros que vão morrer caso ocorra algum acidente … muitos turistas serão literalmente esmagados e tem gente que acha que algumas fotos são montagens. No Sunset Beach Bar tem uma prancha de surf com o horário dos próximos pousos para você ficar atento.  Como em alguns lugares se explora o turismo de maneira aproveitadora, alguns lugares são mesmo para pegar trouxa ou para gringos inexperientes. É o que acontece no Kit Hut ” Enganation “ Snorkel Park, onde colocaram alguns entulhos e naufrágios lá para lhe cobrar por uma aventura sub´aquática. Para quem mergulha realmente e conhece dá para sacar logo a armação, mas para quem nunca teve nenhuma experiência ainda pode achar o máximo já que a visibilidade é muito boa realmente, porém a vida marinha um tanto escassa em comparação a outros lugares do Caribe ou na terra. A falta de vida marinha é o preço a se pagar pela presença humana ( em qualquer canto do mundo ), ainda por cima onde colocam objetos propositalmente, tem um submarino e uma plataforma para quem queira descer com um capacete e ter a experiência tipo escafandro ( Helmet Dive ). Pode até ser que com o tempo, esses ” objetos ” vão se adaptar ao fundo do mar, melhorando os corais e trazendo mais peixes e deve ser mesmo a idéia, mas até 2009, para mim foi uma enganação. Toda experiência é válida.   

www.st-maarten.com  /  www.st-martin.org 

         

A parada do navio Vision of the Seas em Roseau, capital da Ilha de DOMINICA ou DOMÍNICA ou COMUNIDADE DE DOMINICA ( De Domingo, dia em que Colombo desembarcou pela 1ª vez na ilha ), país independente que possui associação política com o Reino Unido. Para mim foi um tanto frustrante já que o tour do navio atrasou muito e acabei por desistir ( outra possível desvantagem rara de navio ) e como o porto também não era atrativo assim como a vontade de desbravar por conta, retornei à bordo mesmo avistando um mar sem muita expressão. Tive a informação de outros passageiros que os lugares para mergulho e snorkel que foram são bem fracos também. Tenho certeza que não perdi grande coisa, neste caso, curtir o navio ” meio que ” vazio é a boa opção, fica tudo para você …   De qualquer forma, considero sim ter estado em mais este país, mesmo que tenha sido ao redor do navio e no porto, sem me aventurar adiante disso. Como já citei, alguns lugares não valem muito à pena, mas estava no roteiro. Dominica possui a região mais selvagem do Caribe com muita floresta, montanhas, cachoeiras e rios … ouvi dizer que são 365, um para cada dia do ano. Se gosta de rios e aventuras no mato, é um destino.                            www.dominica.dm       ,                          

  

A Ilha Margarita no mar das Caraíbas, que pertence à VENEZUELA, foi ainda outra decepção caribenha, mesmo fazendo um tour pela ilha. Apesar de ter me divertido pela segunda vez com golfinhos em uma piscina fechada visitando um parque um tanto modesto, o lugar não deixou de ser decepcionantemente. Esperava muito mais desta ilha, já tinha ouvido falar bem dela … e afinal está no Caribe ! Não vi nada que me faça tentar um retorno, mas na realidade não posso acreditar que seja apenas o que vi em um dia, com certeza tem bem mais, alguns lugares mais afastados do porto, praias mais atraentes … porém não tenho muito o que descrever, a não ser citá-la como passagem.  A Venezuela é conhecida como uma ” Fábrica de Misses “, já que praticamente se iguala aos Estados Unidos que encabeça a lista das vencedoras, mas o que é importante destacar é o Salto Ángel ou cataratas Ángel ( Angel Falls ou Parekupa-meru ou Parekupa-vena ou Kerepakupai-meru ou Kerepakupai-vena, que significa ” queda d´água até o lugar mais profundo ”  ou ” queda do ponto mais alto “ ), o mais alto salto ou a mais alta queda d´água do planeta com 979 metros no sudeste do país, devido a isso, uma das Maravilhas da Natureza, uma imagem realmente fantástica e a melhor frase para definir o visual é ” mundo perdido “, principalmente pela dificuldade de acesso. Já ouvi dizerem que em certas épocas a água que cai nem chega a tocar no chão, evaporando-se no caminho, será mesmo ?www.tourisminvenezuela.com /www.islamargarita.com / www.margarita.travel            

                                   

Oranjestad é a capital de ARUBA. A ” Cidade laranja “ foi a última parada do navio no roteiro Caribe Sul que fiz em 2009 antes de retornar à República Dominicana. Divi Divi é o nome da famosa árvore símbolo local que você vai encontrar em qualquer propaganda desta ilha. Prepare o bolso para ir para Palm Beach, a praia mais famosa e movimentada que é bem agradável. Um par de cadeiras não sai por menos de U$ 50,00 e mais U$ 15,00 pelo guarda sol ( para mim é caro ) já que os hotéis tomam conta da praia toda praticamente.  Já foi citada entre as 30 ilhas mais lindas do mundo ( não sei se ainda procede tal informação ) e é a essência do Caribe com muita festa e carnaval, faz parte do triângulo das Ilhas ABC ( Aruba, Bonaire e Curaçao ), todas também pertencentes à HOLANDA ( Antilhas Holandesas ).  O mar em Palm Beach, apesar de azul bem claro, é bem turvo próximo da areia. Para mergulhar e ver vida marinha é necessário ir mais longe de barco.  Um tour diferente é o Atlântis Submarine para aqueles que ,queiram ter uma idéia de como é o fundo do mar sem precisar se molhar e poder conversar durante o passeio. Há até quem case dentro do submarino e a experiência lhe dá um certificado pelo feito.  

 

    Esta viagem ao Caribe Sul foi ligeiramente decepcionante em comparação à expectativa e ao que já havia visto anteriormente no Caribe Oeste ( PUBLICAÇÃO ANTERIOR ), porém até mesmo algumas experiências relativamente ruins valem a pena quando se está conhecendo o mundo em que vivemos. Retornar para alguns lugares que possam ter sido desagradáveis ou sem graça ao seu gosto pessoal é outra  história …   

                            www.aruba.com  /  www.visitaruba.com                             

Marcelo Costa Kasprzak  

www.omundoseuviaje.blogspot.com

omundoseuviaje@hotmail.com

PRÓXIMA PUBLICAÇÃO 20/01/2010 > DICAS DE VIAGENS

PUBLICAÇÕES ANTERIORES ABAIXO